Segundo jornal

Propaganda do PSDB na TV terá “mea culpa” e defesa ao parlamentarismo

Na última quarta-feira, o partido apoiou a instituição do sistema de voto conhecido como "distritão", como um instrumento de transição para o modelo distrital misto a partir de 2022

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A próxima propaganda partidária do PSDB, que será transmitida em rede nacional em 17 de agosto deverá admitir “erros” cometidos pelo partido, e, principalmente, a adoção do parlamentarismo no Brasil. As informações são da coluna da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Segundo ela, o texto foi inspirado em um artigo escrito pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em 2015.

Na última quarta-feira, o partido apoiou a instituição do sistema de voto conhecido como “distritão”, como um instrumento de transição para o modelo distrital misto a partir de 2022. A proposta, que contou com um voto favorável e outras duas abstenções de tucanos, foi aprovada por placar apertado na sessão que se arrastou pela madrugada na comissão especial da reforma política, na Câmara dos Deputados.

Alguns analistas veem na alteração das regras para as eleições parlamentares como um empoderamento ainda maior da Câmara e um passo para a instituição de um futuro parlamentarismo. A medida já foi derrotada ao longo da história brasileira na última Constituinte e por decisão popular em plebiscito.

Aprenda a investir na bolsa