Após votação

Pronunciamento de Dilma à nação sobre o impeachment é adiado para às 17h30

Dilma está escrevendo seu discurso pessoalmente e deve usá-lo para denunciar o "golpe"

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff confirmou que fará um pronunciamento à imprensa nesta segunda-feira (18) no Palácio do Planalto para comentar hoje a abertura do processo de impeachment por meio de votação na Câmara dos Deputados. A fala, que estava marcada para às 17h (horário de Brasília), foi adiada, segundo a Secretaria de Comunicação, e será realizada às 17h30. 

De acordo com o jornal, Dilma está escrevendo o seu discurso pessoalmente e depois irá submetê-lo aos auxiliares mais próximos. Ela deve manter o discurso de denunciar o “golpe” em andamento no País em vez de seguir a orientação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pediu que ela partisse ao ataque contra o vice-presidente Michel Temer. 

Especiais InfoMoney:

PUBLICIDADE

Impeachment: o futuro da política e da economia, com Alexandre Schwartsman e Vitor Oliveira

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa