RADAR INFOMONEY Petrobras (PETR4) sobe com petróleo, vacinas e redução de dívida; veja perspectivas para as ações

Petrobras (PETR4) sobe com petróleo, vacinas e redução de dívida; veja perspectivas para as ações

Operação Lava Jato

Pessoa diz que fez doações a deputados Luiz Sérgio e Paulinho da Força para evitar greves

O objetivo das doações eleitorais, segundo Pessoa, era garantir acesso aos congressistas, ligados a movimentos sindicais; deputados negam

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em delação premiada, o dono do grupo UTC, Ricardo Pessoa, disse que fez doações eleitorais aos deputados Luiz Sérgio (PT-RJ) e Paulinho da Força (SDD-SP), ex-presidente da Força Sindical, para evitar greves em obras de suas empresas, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo.

O objetivo das doações eleitorais, segundo Pessoa, era garantir acesso aos congressistas, ligados a movimentos sindicais.

Segundo ele, a doação oficial de R$ 200 mil que a UTC fez em 2014 para a campanha de Luiz Sérgio teve como objetivo evitar greves na montagem de equipamentos da usina nuclear de Angra 3, no município de Angra dos Reis (RJ). Luiz Sérgio foi prefeito de Angra entre 1993 e 1996 e também presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do município, ligado à CUT (Central Única dos Trabalhadores). O deputado é o atual relator da CPI da Petrobras.

Aprenda a investir na bolsa

Já a doação a Paulinho da Força, no valor de R$ 500 mil na campanha de 2012, foi motivada pelas obras da usina de São Manoel, na divisa entre Pará e Mato Grosso, segundo Pessoa.

Procurados pelo jornal, Luiz Sérgio e Paulinho da Força negaram ter recebido doações eleitorais para evitar greves em obras. O petista afirmou que a contribuição da UTC não tem nada de ilícito ou imoral. Já Paulinho da Força diz que nunca sugeriu a Pessoa ajuda para evitar greves.