RADAR INFOMONEY Petrobras anuncia plano para 2021 a 2025 e mercado não gosta; assista ao programa desta quinta

Petrobras anuncia plano para 2021 a 2025 e mercado não gosta; assista ao programa desta quinta

PDT irá oficializar nesta quinta-feira apoio à Dilma; PMDB poderá fazer o mesmo

Partido irá formalizar decisão da legenda em almoço com a ministra; PMDB caminha no mesmo sentido, mas diverge quanto a vice

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O PDT irá oficializar nesta quinta-feira (28) seu apoio à pré-candidatura das ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para a presidência da República. O apoio será formalizado durante um almoço entre a ministra e a cúpula do partido, bem como os líderes do PDT na Câmara e no Senado. 

A legenda decidiu antecipadamente apoiar a Dilma, visto que a maioria do partido é a favor de sua candidatura. “O almoço vai oficializar nosso apoio, depois a convenção, em junho, referenda o que já foi definido pelo partido”, afirmou o líder do PDT na Câmara, deputado Dagoberto (MS). 

O almoço, que deve ser realizado na residência da ministra em Brasília, terá como participantes o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, o presidente do partido, deputado Vieira da Cunha (RS), e os líderes do PDT na Câmara e no Senado, respectivamente Dagoberto e Osmar Dias (PR). 

Aprenda a investir na bolsa

PMDB: provável apoio a Dilma; disputa para vice
Outro partido que deve anunciar em breve apoio a Dilma é o PMDB. No entanto há uma dissidência na legenda quanto à indicação à vice-presidência na chapa da ministra. O provável indicado, o deputado Michel Temer, foi preterido por uma ala do partido, que lançou o nome do governador do Paraná, Roberto Requião. Porém, a cúpula deve mesmo trabalhar para emplacar Temer na chapa do PT.