Obama diz não haver necessidade de outro pacote de estímulo no momento

Presidente dos EUA aproveitou para elogiar o trabalho de Ben Bernanke, apesar de não comentar a renomeação

SÃO PAULO – Em conferência pública na Casa Branca, Barack Obama afirmou que não existe, no momento, necessidade de outro pacote de estímulo, sendo importante observar primeiro como a economia evolui e a eficácia do primeiro pacote. O presidente dos Estados Unidos aproveitou a ocasião para elogiar o trabalho do presidente do Fed, Ben Bernanke, porém evitou fazer comentários sobre se irá renomeá-lo para o cargo.

Em fevereiro Obama assinou o plano de US$ 787 bilhões que incluía corte em impostos e aumento nos gastos com infraestrutura, sendo que seus principais conselheiros econômicos projetaram ser o suficiente para manter a taxa de desemprego abaixo dos 8%. “Não me sinto satisfeito com o progresso que tivemos” disse o presidente. A taxa de desemprego atingiu 9,4% em maio e a expectativa de Obama é de que fique acima dos 10% este ano.

Barack Obama disse que ainda é preciso acelerar a distribuição de fundos de estímulo e trabalhar mais para modificar as hipotecas existentes.

Fed

PUBLICIDADE

Quando questionado sobre a nomeação de Bernanke, cujo mandato expira em janeiro de 2010, o presidente norte-americano disse que “não fará notícias” sobre o tema. Obama, porém, aproveitou para elogiar o trabalho do presidente do Fed, dizendo que “desde o início da crise, Ben Bernanke agiu muito bem”.