RADAR INFOMONEY Cielo (CIEL3) sobe até 10% após balanço. É a virada? | E como o Reddit está derrubando Wall Street

Cielo (CIEL3) sobe até 10% após balanço. É a virada? | E como o Reddit está derrubando Wall Street

Nova disputa na Câmara pode abalar base de apoio do governo

Presidência do Conselho de Ética da Casa deve ser disputada por dois candidatos da base aliada, um do PT e outro do PTB

SÃO PAULO – Uma nova disputa por cargos no governo deve abalar a aliança entre o PT e o PTB. A escolha da presidência do Conselho de Ética da Câmara, que foi adiada para a próxima quarta-feira, deve contar com candidatos dos dois partidos.

O PTB se articula para manter o deputado Ricardo Izar no cargo. Pela justificativa de Izar, o apoiou que o partido deu ao PT na eleição à presidência da Casa era condicionado à possibilidade de manter o domínio sobre o Conselho de Ética.

Entre os nomes cotados pelo PT para participar dessa eleição, estão os deputados José Eduardo Cardozo e Odair Cunha. O partido ainda conta com o apoio do PFL.

Acordo?

Izar disse à Folha Online que vai disputar o cargo, mas acredita que o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, do PT, irá lembrar do acordo. Chinaglia, por outro lado, em entrevista ao mesmo veículo, negou qualquer negociação.

Histórico

A presidência do Conselho de Ética da Câmara é uma das mais disputadas pelos parlamentares por causa da sua importância durante as CPIs. É este conselho que decide quais processos de cassação serão julgados ou arquivados.