Imprensa internacional

Não há desfecho bom para a imagem do Brasil em meio ao atual pesadelo, diz The Guardian

Se Temer barrar denúncia contra ele na Câmara, percepção de impunidade no Brasil se perpetuará; caso seja afastado, sensação de instabilidade no País ficará mais pronunciada, aponta jornal britânico

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A sessão da Câmara dos Deputados sobre a votação da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer teve início na manhã desta quarta-feira com expectativa de longa duração (e um cenário envolto de incertezas).

Contudo, segundo apontou o jornal britânico The Guardian na última quarta-feira, algumas coisas são certas: o cenário é desolador e a imagem do Brasil não tem como se sair bem desse novo episódio, que tem o potencial de destituir “o segundo presidente em menos de um ano”. Neste sentido, a situação política do País é descrita pelo jornal como semelhante a de um “pesadelo”. 

De acordo com a análise do jornal, o cenário sem esperança para o Brasil não se dá somente pelo risco da saída do segundo presidente em pouco tempo, mas também pela falta de um cenário bom para o país a partir da votação da denúncia contra o peemedebista. 

Aprenda a investir na bolsa

Caso Temer vença a votação e tenha a denúncia barrada na Câmara, a imagem de impunidade para a corrupção no Brasil será fortalecida, enquanto a persistente nuvem de corrupção sobre os líderes políticos do Brasil continuará. Por outro lado, caso a denúncia prossiga e Temer acabar sendo afastado, o que prevalecerá será a imagem de instabilidade política do Brasil para o resto do mundo.