Ministério do Planejamento prevê queda de R$ 15 bilhões na arrecadação

Recolhimento de tributos federais e receita de royalties deverão ser afetados por queda na atividade econômica do País

SÃO PAULO – Com o atual cenário de desaceleração da economia global, o Ministério do Planejamento revisou as suas projeções para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e para o volume de arrecadação em 2009.

De acordo com as novas projeções, que deverão incorporar os parâmetros utilizados ao Projeto de Lei Orçamentário de 2009, já em tramitação no Congresso, o PIB brasileiro foi revisto para baixo, passando dos 4,5% anteriores para algo entre 3,7% e 3,8%.

Acompanhando a queda da atividade no País, o Ministério também revisou as estimativas para a arrecadação, prevendo uma perda com o recolhimento de tributos federais de cerca de R$ 15 bilhões para o próximo ano.

PUBLICIDADE

Segundo o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, “se tivermos uma redução do PIB combinada com os outros parâmetros, como o barril de petróleo, a expectativa é de que todos esses fatores vão gerar uma perda de receita de R$ 15 bilhões”.