DO ZERO AO TOPO ESPECIAL Guilherme Benchimol compartilha lições sobre como atrair boas pessoas e criar times excepcionais; assista à live

Guilherme Benchimol compartilha lições sobre como atrair boas pessoas e criar times excepcionais; assista à live

Gastos

Mesmo sem ocupante, vice-presidência custará R$ 1,9 milhão aos cofres públicos no 1º trimestre

Dados constam no decreto com a programação orçamentária e financeira do governo federal para 2017 publicado no Diário Oficial da União

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo publicou hoje (17) no Diário Oficial da União decreto com a programação orçamentária e financeira do governo federal para 2017.

O decreto traz os empenhos mensais até março e globais até dezembro. No primeiros trimestre do ano, o empenho mensal estará limitado a três dezoito avos das dotações orçamentárias discricionárias previstas na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, publicada na última quarta-feira (11).

E um fato curioso chamou a atenção, conforme destacado primeiro pelo colunista do jornal O Globo Lauro Jardim: os gastos previstos no primeiro trimestre para a vice-presidência. Em janeiro, a vice terá à sua disposição R$ 389,35 mil. O valor sobe para R$ 654,29 mil em fevereiro e, em março, o montante é ainda maior: R$ 919,23 mil. Assim, no total, o valor supera os R$ 1,96 milhão. 

Aprenda a investir na bolsa