Medidas para habitação serão anunciadas somente após o Carnaval, diz Lula

Inicialmente, plano deveria ter sido anunciado em janeiro, mas, segundo Lula, precisava de revisão

SÃO PAULO – O conjunto de medidas para o setor de construção, que inicialmente seria anunciado em janeiro, só será divulgado após o Carnaval, segundo afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta-feira (13).

De acordo com a Agência Brasil, o plano prevê a construção de 1 milhão de casas populares até 2010, para famílias com renda de até 10 salários mínimos.

“O povo precisa. Temos condições de fazer, temos o projeto, o dinheiro. Portanto, agora é colocar o bloco na rua depois do Carnaval. Certamente, não vamos competir o nosso bloco de construção com o bloco de Carnaval do Rio de Janeiro, de Pernambuco, de Salvador”, afirmou o presidente, após visitar um projeto de criação de Peixes em Recife.

Adiamento

PUBLICIDADE

Em dezembro do ano passado, Lula havia afirmado que o plano para o setor habitacional seria anunciado em janeiro. No início desta semana, ele explicou que o adiamento ocorreu porque a primeira versão do plano não o agradou, “por ter muito penduricalho de juros” e outros detalhes que ele quer ver excluídos.

Segundo o presidente, o plano terá medidas relacionadas ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Lula também já havia confirmado que terrenos da União, de estados e de municípios poderão ser utilizados no plano. “Estamos vendo que terrenos da União podem ser disponibilizados para baratear [a contrução de moradias] e que estados e prefeituras podem doar terreno”, disse na ocasião.