Segundo Folha

Maranhão estuda antecipar eleição da presidência da Câmara, diz jornal

Conta a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, que aliados do atual comandante interino da casa articula uma operação que pode complicar ainda mais a situação do afastado Eduardo Cunha

SÃO PAULO – Aliados do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), estão montando uma operação para que o atual comandante da casa coloque para votação em plenário a declaração de vacância do cargo na primeira semana de agosto. Os planos foram revelados pela coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, que crê na leitura de que este seria mais um fator a trazer dores de cabeça ao presidente afastado da casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que tenta escapar da perda do mandato.

Caso a ideia dos aliados de Maranhão vingue, a nova eleição ocorreria perto do dia 10 de agosto, antes da esperada sessão que analisaria a cassação de Cunha. O jornal ainda diz que o deputado negocia uma espécie de prêmio de consolação com partidos que buscam conquistar o posto.

A notícia também é ruim para o Planalto, que preferiria votar a sucessão após ter o destino de Cunha traçado. Para Temer, o melhor cenário seria que se escolhesse o presidente da Câmara após a votação do impeachment no Senado.

PUBLICIDADE