Reforma da Previdência

Manifestação contra reforma da Previdência causa tumulto e quebra-quebra na Câmara dos Deputados

O confronto se iniciou com a presença da tropa de choque, sendo lançadas bombas de gás lacrimogêneo e gás de pimenta 

SÃO PAULO – Manifestantes foram à Câmara nesta terça-feira (18) para protestar contra a reforma da Previdência, protesto este que provocou tumulto no prédio do Congresso Nacional. Eles tentaram entrar no prédio da Câmara dos Deputados através da chapelaria, mas o acesso ao grupo foi impedido pela segurança legislativa. Em meio à confusão, foi quebrada a porta de vidro que dava acesso a Casa. Os manifestantes são de sindicatos da polícia civil de pelo menos cinco estados: MG, CE, PR, ES e SC. 

O confronto se iniciou com a presença da tropa de choque, sendo lançadas bombas de gás lacrimogêneo e gás de pimenta. Depois do confronto, o prédio do Senado e o plenário da Câmara tiveram acesso fechado. 

Após o tumulto na chapelaria, os manifestantes deram a volta no espelho d’água e subiram a rampa do Congresso para tentar invadir o Salão Negro, mas a tropa de choque conseguiu conter o grupo. 

PUBLICIDADE