Lula recebe Lira, líderes da Câmara e ministros no Palácio da Alvorada

Em mais um gesto de aproximação com o presidente da Câmara, Lula agradeceu aos parlamentares pela aprovação dos principais projetos encaminhados pelo governo em 2023, especialmente na área econômica

Equipe InfoMoney

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu parlamentares e ministros no Palácio da Alvorada (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu, na noite de quinta-feira (22), com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), ministros do governo e líderes partidários da Casa. O encontro teve a presença de cerca de 25 pessoas, no Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência.

De acordo com o líder do PSB, deputado Gervásio Maia (PSB-PB), Lula agradeceu pelo desempenho da Câmara em 2023 e destacou os resultados alcançados na economia, frutos da boa relação entre Executivo e Legislativo, segundo ele.

O presidente garantiu que esses encontros com parlamentares serão rotina em 2024. “Foi um bate-papo muito bom, muito leve, com energia muito positiva, e saio daqui animado de que essa relação vai melhorar cada vez mais e que isso vai render frutos extremamente positivos para 2024”, disse o deputado.

Continua depois da publicidade

Estiveram presentes na reunião os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Rui Costa (Casa Civil), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Paulo Pimenta (Comunicação Social) e Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), que também é presidente nacional do PCdoB.

Entre os parlamentares, estavam o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), e os líderes do MDB, deputado Isnaldo Bulhões (MDB-AL); do União Brasil, Elmar Nascimento (União/BA); do PSD, Antônio Brito (PSD-BA); do PSOL, Pastor Henrique Vieira (PSOL-RJ); do PDT, Afonso Motta (PDT-RS); do PP, Dr. Luizinho (PP-RJ); do Podemos, Romero Rodrigues (PODE-PB), e o líder da maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Também participaram o prefeito de Recife, João Campos, que é vice-presidente do PSB, além da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann.

Continua depois da publicidade

(Com Agência Brasil)