Lula pede a deputados petistas o fim das discussões sobre terceiro mandato

Segundo os parlamentares da legenda, não há movimento do partido para permitir esse tipo de instrumento

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em reunião nesta terça-feira (6) com os deputados Arlindo Chinaglia, Ricardo Berzoini e Devanir Ribeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou o fim do debate sobre a possibilidade de um terceiro mandato presidencial. Lula pediu e os deputados atenderam.

Logo após a reunião, os participantes do encontro com o presidente vieram a público para defender o fim das discussões. Segundo os parlamentares petistas, não há movimento do partido para permitir esse tipo de instrumento.

Berzoini atribuiu à oposição o debate. De acordo com o presidente do PT, o partido não cogita propor terceiro mandato, já que votou contra a emenda à Constituição, aprovada em 1997, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que na época permitiu a reeleição presidencial no país.

Terceiro mandato não está na pauta

Aprenda a investir na bolsa

Já Devanir Ribeiro afirmou que “em momento algum” falou em “terceiro turno”. Ele disse que sua posição é em defesa da realização de plebiscitos para verificar a opinião da sociedade sobre vários temas, mas negou que o assunto terceiro mandato estivesse em pauta.

O deputado Devanir Ribeiro é autor de projeto que permite ao presidente da República convocar plebiscitos sobre vários temas, o que acabou levantando debate em torno da possibilidade de um terceiro mandato presidencial.

O presidente Lula disse, na última segunda-feira (5), que é insensato o país pensar sobre a possibilidade do terceiro mandato.