Campanha

Lula diz que não é preciso afetar terras onde estão os índios para plantar e garimpar

Lula defendeu um dia do revogaço para revogar tudo que foi feito contra os indígenas

Por  Reuters -

BRASÍLIA (Reuters) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira que o Brasil tem muita terra e não é necessário usar terras onde moram os índios, para plantar e garimpar.

“Esse país tem muita terra”, disse Lula em visita a um acampamento indígena em Brasília. Para ele, não é preciso atingir reservas florestais, onde moram os índios, para plantações e garimpo.

Lula defendeu um dia do revogaço para revogar tudo que foi feito contra os indígenas.

A posição de Lula serve como contraponto ao presidente Jair Bolsonaro, defensor da exploração em terras indígenas e que atualmente apoia um projeto em tramitação na Câmara dos Deputados que permite a mineração nessas áreas.

O petista disse que há terras degradadas que podem ser recuperadas para plantar e acrescentou que não há necessidade de derrubar “uma árvore para plantar mais”.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe