Presidente eleito

Joe Biden: “Prometo ser um presidente que não busca dividir, mas unificar”

Joe Biden e Kamala Harris fizeram seus primeiros discursos como presidente e vice-presidente eleitos dos Estados Unidos

(Drew Angerer/Getty Images)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Joe Biden e Kamala Harris realizaram na noite deste sábado (7) o primeiro discurso como presidente e vice-presidente eleitos, respectivamente, em um evento em Wilmington, no estado de Delaware.

Primeira a falar, Kamala manteve o mesmo nível de sua campanha, reforçando ainda a defesa da democracia, em um momento em que o atual presidente Donald Trump não aceita o resultado da eleição e alega, sem provas, de existirem fraudes no processo de apuração.

“A nossa democracia não está garantida. Proteger nossa democracia requer luta, sacrifício, e há alegria nisso”, disse, que é a primeira mulher negra a ocupar o cargo.

Aprenda a investir na bolsa

“Embora eu seja a primeira mulher neste posto, eu não serei a última”, afirmou Kamala destacando que sua história mostra como as crianças – e qualquer pessoa – pode ter sonhos grandes.

“Porque cada menininha que me vê hoje aqui vê que este é um país de possibilidades. Para as crianças do nosso país, não importa o seu gênero, nosso país deu uma mensagem clara: sonhem com ambição, liderem com convicção, vejam vocês de uma maneira que outras pessoas possam não ver, porque talvez nunca tenham visto antes”, disse.

Em seguida foi a vez de Biden falar, que iniciou agradecendo o recorde de votos recebidos em uma eleição nos Estados Unidos, mais de 74 milhões (a apuração ainda não terminou).

Leia também: Joe Biden presidente: suas principais propostas e os possíveis impactos para a economia global e o Brasil

“Eu preciso admitir que me surpreendeu hoje à noite de ver em todo o país, todas as cidades, todas as partes do país, inclusive no mundo todo, uma explosão de alegria, esperança, fé renovada. E amanhã será um dia melhor”, disse Biden.

O democrata reforçou o discurso que fez durante toda a campanha, de que será um presidente para todo o país, sem distinção de partido. “A todos vocês que votaram no presidente Trump: eu entendo a frustração de vocês. Eu perdi algumas vezes. Vamos dar uma chance um ao outro”, pediu.

PUBLICIDADE

“Prometo ser um presidente que não busca dividir, mas unificar. Alguém que não vê os estados vermelho e azul, mas sim Estados Unidos. E que trabalhará de todo o coração para conquistar a confiança de todo o povo”, continuou.

“Temos a oportunidade de derrotar o desespero e de construir uma nação próspera com propósito. Podemos fazer, eu sei que nós podemos. Eu falei muito sobre a luta pela alma da América. Precisamos restaurar a alma da América”, disse ainda.

Biden também explicou que já começará seu trabalho para a transição, reforçando novamente que buscará o melhor para a população, seja um eleitor seu ou de Trump.

“Na segunda, vou montar uma equipe de especialistas para começar a transição em janeiro. Vamos construir uma administração em cima da ciência e da compaixão. Não economizarei comprometimento”, afirmou.

“Sou um democrata orgulhoso, mas vou governar como presidente americano. Trabalharei duro por aqueles que votaram e que não votaram em mim”, completou o presidente eleito.

Você sabe o que é 3×1? Assista de graça a estratégia de opções que busca triplicar o capital investido em um mês