Japão: aliados do governo aprovam investimentos em ações antiterror

Aliados do primeiro-ministro Yasuo Fukuda aprovaram a diminuição nos gastos com a missão de exploração de petróleo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um comitê parlamentar do Japão irá esclarecer, na sessão do plenário da próxima terça-feira (13), a redução dos investimentos na missão de reabastecimento de combustíveis no Oceano Índico, para colaborar nas operações antiterrorismo dos Estados Unidos no Afeganistão.

Esse será um dos principais assuntos a serem tratados entre o primeiro-ministro Yasuo Fukuda e o presidente norte-americano George W. Bush, em uma visita que Fukuda fará ao principal aliado do Japão.

A participação de outros países na reconstrução do Iraque e em ações antiterrorismo cria uma pressão no Japão por mais investimentos.

Aprovação pela Oposição

Aprenda a investir na bolsa

A conta apresentada foi aprovada por uma maioria de membros da coalizão do primeiro-ministro e do Partido Democrata Liberal, enquanto membros da oposição votaram contra.

O documento será enviado para ser votado da Casa de Conselheiros, cuja maioria dos membros é da oposição.

Caso não seja aprovado, ou a votação não ocorra em menos de 60 dias, será enviado de volta ao Parlamento para uma segunda votação.

O orçamento previsto autoriza mais investimentos japoneses em logística, para auxiliar os Estados Unidos, e reduz os gastos na exploração e distribuição de combustíveis e águas.