Governo estuda acordo com a oposição para votar orçamento nesta terça-feira

O presidente autorizou Tarso Genro a oferecer concessões para que o orçamento seja finalmente apreciado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Tendo em vista as barreiras impostas pela oposição, Tarso Genro, ministro da Secretaria de Relações Institucionais, declarou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou que um acordo fosse desenvolvido para que a proposta orçamentária de 2006 fosse aprovada nesta terça-feira.

“O presidente autorizou a mim e ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, para que fizéssemos as concessões transparentes e legais e que sejam de interesse público para que o orçamento seja votado”, disse Tarso. As informações são da Agência Brasil.

Medidas provisórias

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva liberou na última segunda-feira cerca de R$ 29 bilhões em recursos orçamentários por meio de Medida Provisória (MP). Desde o início de 2006, Lula já editou dez MPs liberando aproximadamente R$ 30 bilhões sob a forma de recursos orçamentários.

Aprenda a investir na bolsa

O objetivo de Tarso é garantir que o orçamento de 2006 seja aprovado na sessão do Congresso desta noite, que deve começar a partir das 18h, para que o governo não seja obrigado a editar novas medidas provisórias.