Segundo a Folha

Ex-governador de Minas, tucano Antonio Anastasia é citado na Lava Jato

Em declaração feita em 18 de novembro do ano passado, Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como Careca, afirmou ter entregue R$ 1 milhão ao então candidato a governador Anastasia, em 2010, a pedido do doleiro Alberto Youssef

SÃO PAULO – O depoimento que trouxe o nome do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Operação Lava Jato também trouxe um outro nome político surpreendente, segundo a Folha de S. Paulo. Trata-se do senador eleito Antonio Anastasia (PSDB), ex-governador de Minas Gerais.

Em declaração feita em 18 de novembro do ano passado, Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como Careca, afirmou ter entregue R$ 1 milhão ao então candidato a governador Anastasia, em 2010, a pedido do doleiro Alberto Youssef.

Ao jornal, Anastasia negou veementemente o teor do depoimento, dizendo desconhecer o policial e o doleiro. “É totalmente fora da realidade. Meu único patrimônio é moral, tenho toda uma reputação de honestidade. Qual seria o propósito disso? Fica até difícil comentar algo tão absurdo”.

PUBLICIDADE

Na declaração, o policial afirmou que levou o dinheiro a uma casa em Belo Horizonte e que Youssef teria dito que o valor se destinava ao então candidato tucano. “Tempos mais tarde, vendo os resultados eleitorais, identifiquei que o candidato que ganhou a eleição em Minas era a pessoa para quem eu levei o dinheiro”, afirmou Oliveira.