RADAR INFOMONEY AO VIVO Império X, de Eike Batista, volta ao radar, com OSX subindo até 67% com fim da RJ; mas as ações têm futuro?

Império X, de Eike Batista, volta ao radar, com OSX subindo até 67% com fim da RJ; mas as ações têm futuro?

Jantar da presidente

“Eu não tenho medo, aguento a pressão”, diz Dilma em jantar com aliados

Dilma disse não temer as denúncias de corrupção e, sem referência específica à Lava Jato, frisou a necessidade de preservar as instituições; presidente ainda enfatizou a importância de rejeitar a chamada pauta-bomba

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em jantar realizado na última segunda-feira (3) com ministros e líderes da base aliada no Congresso, a presidente Dilma Rousseff fez algumas considerações e sugestões sobre o atual momento político.

Conforme destacou o jornal O Globo, nas pouco mais de duas horas que durou o churrasco oferecido, Dilma não disse uma palavra sobre a prisão do ex-ministro José Dirceu na 17ª fase da Operação Lava Jato. Porém, o assunto dominou as rodas de conversas entre ministros, deputados e senadores, que destacaram um clima de grande preocupação com o desfecho político das investigações e a avaliação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o alvo final. 

Dilma disse não temer as denúncias de corrupção e, sem referência específica à Lava Jato, frisou a necessidade de preservar as instituições. “Na crise política, as instituições devem ser preservadas. Devemos fazer nossa travessia sem medo. Eu não tenho medo. Eu aguento pressão , eu percebo o que está acontecendo, ouço para mudar e melhorar”, afirmou.

Aprenda a investir na bolsa

A presidente enfatizou ainda a importância de rejeitar a chamada pauta-bomba e pediu a seus aliados que não votem como carneirinhos. “Não quero que votem como carneirinhos, mas como uma base corajosa, em nome do Brasil”, disse a presidente. E, apesar de todas as derrotas sofridas e do agravamento da crise política, a presidente disse que o governo saiu “vencedor” no primeiro semestre.