Deputados sugerem 719 alterações para as sete medidas provisórias do PAC

Ministros irão explicar aos parlamentares os principais pontos do programa; votação deve ser adiantada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Antes mesmo de serem analisadas, as oito medidas provisórias do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) receberam 719 emendas dos parlamentares, segundo a Agência Câmara.

Números

Os deputados enviaram 684 emendas à Secretaria de Comissões Mistas do Congresso. Outras 35 foram enviadas à Comissão Mista do Orçamento.

A medida que recebeu mais emendas foi a que cria 157 cargos comissionados para extinguir a rede Ferroviária Federal, com 232 sugestões de alteração.

Governo planeja auxiliar votação

Aprenda a investir na bolsa

O governo continua fazendo esforços para facilitar a aprovação do projeto. Os ministros da Casa Civil, Dilma Roussef, da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Paulo Bernardo, irão até a Câmara dos Deputados na próxima terça-feira para explicar os principais pontos do PAC.

Além disso, o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia, do PT, irá votar antecipadamente as 15 medidas provisórias que estão na frente do PAC, para evitar que o programa tranque a pauta do Plenário, o que acontece se as medidas não forem votadas até 19 de março.