Contra-ataque

Deputados articulam derrubar pacote anticorrupção no plenário

O novo texto que se tentará votar nesta quinta deverá incluir a anistia à prática do caixa dois nas campanhas eleitorais e a previsão de punir magistrados e integrantes do MPF por crime de responsabilidade

SÃO PAULO – A aprovação do pacote de medidas contra a corrupção defendidas pelo Ministério Público Federal na comissão especial da Câmara ainda não acabou com os planos de deputados para tentar derrubar o texto do relator Onyx Lorenzoni (DEM-RS). Conforme conta reportagem publicada na edição do jornal O Estado de S. Paulo desta quinta-feira (24), líderes de praticamente todos os partidos, com exceção de Rede e PSOL, vão tentar derrubar o relatório atual para aprovar um projeto substitutivo no plenário da casa.

O novo texto que se tentará votar nesta quinta deverá incluir a anistia à prática do caixa dois nas campanhas eleitorais e a previsão de punir magistrados e integrantes do MPF por crime de responsabilidade — pontos que acabaram excluídos do relatório de Lorenzoni. A justificativa usada por políticos para um texto que agrade mais aos seus interesses seria que o relator teria descumprido o acordo com líderes por colocar para votar texto diferente ao que foi acertado com as bancadas.