Decisão sobre a presidência da Câmara dos Deputados fica para o segundo turno

Dois candidatos irão concorrer no próximo turno: Aldo Rebelo, do PC do B, e Arlindo Chinaglia, do PT, que foi o mais votado

SÃO PAULO – A eleição para a presidência da Câmara dos Deputados será decidida no segundo turno, que acontece ainda nesta quinta-feira. A expectativa é de que o nome do novo presidente seja anunciado por volta de meia-noite.

Os candidatos que irão para o segundo turno são Arlindo Chinaglia, do PT, que obteve 236 votos, e Aldo Rebelo, do PC do B, com 175 votos. Ambos os deputados pertencem à base governista.

Histórico

O terceiro parlamentar que disputava as eleições para o cargo, Gustavo Fruet, do PSDB, apurou 98 votos. Para vencer o pleito, o candidato precisaria obter o apoio da metade do número de deputados mais um, ou seja, 257 votos.

PUBLICIDADE

Chinaglia, candidato do PT, chegou bem próximo dessa quantidade e permanece como favorito, já que conta com o apoio da maioria dos parlamentares da Câmara e do presidente Lula.

Nesta eleição, não deve ser repetida a situação que aconteceu em 2005, quando a base de apoio do governo também estava dividida. Nenhum dos candidatos do PT ganhou as eleições naquele ano, mas o deputado do PP, Severino Cavalcanti.