CPI dos cartões caminha para o fim; oposição deve apresentar relatório paralelo

Deputado Chico Alencar, do PSOL, denuncia acordo entre governo e oposicionistas para esvaziar sessão da comissão

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A CPI dos cartões corporativos caminha para seu fim. De acordo com a presidente da comissão, Senadora Marisa Serrano (PSDB), o relatório final poderá ser lido na próxima semana.

Embora neguem ter fechado acordo para esvaziar os trabalhos da CPI, oposição e governo não compareceram à sessão que votaria requerimento para acareação entre José Aparecido Nunes Pires, ex-secretário de controle interno da Casa Civil, e André Fernandes, assessor do Senador Álvaro Dias (PSDB).

Denúncia de acordo

Parlamentares da oposição acusaram o governo de manobrar para que a acareação não ocorresse. O deputado Chico Alencar (PSOL), no entanto, denunciou um acordo entre os adversários, tendo estranhado o comportamento da presidente da CPI, que teria encerrado precipitadamente a sessão.

Aprenda a investir na bolsa

O relatório final está a cargo do deputado Luiz Sérgio (PT). Todavia, a oposição pretende apresentar relatório paralelo, embora a maior parte dos parlamentares defenda que a responsabilidade por investigar o vazamento do “dossiê” deve ser da Polícia Federal.