Câmara

Comitê pró-impeachment diz ter 346 votos pelo afastamento de Dilma na Câmara

O resultado está acima dos 342 votos necessários para que a oposição consiga aprovar a abertura oficial do processo de afastamento da petista na Casa e enviá-lo para o Senado

SÃO AULO – A coordenação do Comitê Pró-Impeachment suprapartidário diz ter mapeado 346 votos a favor do impedimento da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. Este resultado fica acima dos 342 votos necessários para que a oposição consiga aprovar a abertura oficial do processo de afastamento da petista na Casa e enviá-lo para o Senado.

Segundo o deputado Mendonça Filho (DEM-PE), coordenador do comitê, o número foi colhido por líderes e deputados da oposição, que mapearam os votos por Estado. Membros do comitê tentam, no entanto, manter a lista sob sigilo. Eles alegam que não podem passar nomes ou divisão por Estados, para não dar “munição” para o governo tentar convencer esses parlamentares a mudar de voto.

O governo precisa de 172 votos para conseguir evitar o andamento do impeachment da Câmara, mas, por enquanto, não deve ter mais que 150. Por outro lado, a avaliação, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, é de que o governo poderá conquistar até 190 votos após distribuir cargos para partidos do centrão da base aliada que estão divididos ou possuem muitos deputados “indecisos”, como PP, PR e PSD.

PUBLICIDADE

Com Agência Estado