Comissão discute situação de obras com indícios de irregularidades

Relatório do Tribunal de Contas da União analisou 31 empreendimentos e detectou indícios de irregularidades graves em 21

Agência Câmara

Publicidade

Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional analisa nesta terça-feira (28) as obras e os serviços com indícios de irregularidades graves que estão na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2023 e no projeto da LOA de 2024 (PLN 29/23).

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) analisou 31 empreendimentos e detectou indícios de irregularidades graves em 21. O tribunal, no entanto, só recomendou a paralisação da construção da BR-040, no Rio de Janeiro, na subida da Serra de Petrópolis. O indicativo é de sobrepreço.

A obra de ampliação da BR- 290, no Rio Grande do Sul, também entrou na lista de bloqueio. O empreendimento foi citado pelo Executivo ao enviar o projeto do Orçamento de 2024, em agosto.

Continua depois da publicidade

Cabe à Comissão de Orçamento decidir sobre o bloqueio dos recursos.

A audiência será realizada no plenário 2 a partir das 10 horas.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.