Com corte de US$ 37,8 bi, congresso dos EUA define orçamento para 2011

Termina impasse entre partidos e orçamento deverá ser votado na quarta-feira; fundo provisório evita "apagão"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após grande expectativa na última semana, o congresso norte-americano chegou a um acordo para o orçamento de 2011 no final da noite da última sexta-feira (8), a tempo de evitar um “apagão” em alguns setores e serviços do governo federal.

Após negociações entre republicanos e democratas, ficou estabelecido um plano de corte no valor de US$ 37,8 bilhões até o fim deste ano fiscal, além da instituição de um fundo proviório de sete dias para manter órgãos federais em funacionamento até que o projeto seja votado na quarta-feira.

Vitória da oposição?
Segundo o presidente Barack Obama, o acordo representou o consenso de diferentes crenças e ambos os lados tiveram que ceder, embora, em termo gerais um corte desta magnitude – o maior da história dos EUA – possa representar uma vitória da oposição republicana, que detém a maioria na câmara dos representantes e faz forte campanha para a redução das despesas públicas.

Aprenda a investir na bolsa