Com 383 votos a favor, Câmara dos Deputados aprova o fim do voto secreto

Mesmo assim, antes de ser promulgada, a proposta passará por mais uma votação na Câmara e depois seguirá para o Senado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com 383 votos a favor e quatro abstenções, foi aprovada, em primeiro turno, pelo plenário da Câmara dos Deputados, a proposta de emenda constitucional (PEC), que prevê o fim do voto secreto para todas as decisões da Casa.

O deputado Ricardo Izar (PTB-SP), presidente do Conselho de Ética, acredita que esta medida deverá ajudar na punição dos deputados e senadores denunciados pela CPI dos Sanguessugas.

A lista dos parlamentares envolvidos no esquema de compra superfaturada de ambulâncias e que já estão sob investigação do Ministério Público Federal ultrapassa 80 nomes.

2º Turno

Aprenda a investir na bolsa

De qualquer forma, a PEC, que precisava de no mínimo 308 votos favoráveis, passará por uma segunda votação na Câmara e depois seguirá para o Senado antes de ser promulgada.