CMO aprova relatório sobre orçamento com corte de R$ 13,34 bilhões para 2009

Revisão da proposta, de autoria de Jorge Khoury, contará com redução de R$ 10 bilhões de receita líquida

SÃO PAULO – A CMO (Comissão Mista de Orçamento) aprovou na última quinta-feira (11) a revisão do relatório de arrecadação do projeto de orçamento da União para o próximo ano.

Com o voto da Comissão, fica referendada a redução de R$ 15,34 bilhões nas receitas primárias brutas, no âmbito do orçamento fiscal e da seguridade nacional, que exclui empresas estatais não-dependentes do Tesouro Nacional.

Além disso, conforme a proposta entregue pelo relator da receita, o deputado Jorge Khoury (DEM), fica alocada com Delcídio Amaral (PT) a tarefa de cortar R$ 10 bilhões em despesas de custeio e investimento dos órgão federais.

PUBLICIDADE

Conforme especificado, a diferença entre a receita bruta a menos e o ajuste necessário das despesas dos órgãos federais refere-se, quase que integralmente, ao corte que será feito nas projeções de repasses obrigatórios a Estados e Municípios.