Câmara define pautas para o começo do ano e irá penalizar deputados ausentes

O presidente da Casa pretende votar os assuntos mais importantes e irá deixar sem salário o parlamentar ausente

SÃO PAULO – A Câmara dos Deputados já definiu sua pauta para a semana e, se depender do novo presidente, Arlindo Chinaglia, do PT, a atividade deve ser intensa até a próxima semana, pelo menos.

Chinaglia avisou que irá descontar o salário dos deputados que faltarem durante a semana do Carnaval e não apresentarem justificativas regimentais. Na última segunda-feira, menos de 30% dos parlamentares compareceu à sessão.

Além disso, o novo presidente da Câmara pediu aos líderes dos partidos que fosse iniciada a votação de alguns temas importantes já na próxima semana, para compensar os dias de folga.

Medidas em discussão

PUBLICIDADE

Devem ser discutidas a criação da “Super Receita” e a extinção de 1.083 cargos de natureza especial na Casa, os CNEs. No entanto, um dos temas mais polêmicos, o reajuste salarial dos deputados não está na agenda.

O aumento de salário dos parlamentares foi discutido anteriormente entre os líderes partidários. Segundo sugestão de Chinaglia, o assunto deve ser abordado apenas em março.

Os deputados acreditam que o tema causou muito desgaste, com a proposta de reajuste de 91% no final de 2006.