Brasileiros acham crise não terá mais impacto sobre a economia, diz pesquisa

Em novembro, 72% dos entrevistados pela pesquisa CNI-Ibope disseram que a economia foi pouco prejudicada pela crise

SÃO PAULO – Embora a percepção sobre a gravidade da crise continue a mesma, os brasileiros estão achando que ela não tem afetado muito a economia do País.

De acordo com a pesquisa CNI-Ibope de opinião, divulgada nesta segunda-feira (7), 72% dos entrevistados afirmam que a economia está sendo “pouco prejudicada” ou “não será prejudicada” pela crise financeira internacional. Em setembro, esse percentual era de 67%.

Os que acreditam que a crise prejudica o Brasil somam 22%.

Gravidade da crise

PUBLICIDADE

Há três meses, 71% dos brasileiros consideravam a crise “grave” ou “muito grave”, segundo a pesquisa. O índice aumentou apenas 1 ponto percentual em novembro, registrando 72% dos entrevistados.