Depois do corte de 25%

Bolsonaro afirma que governo ainda tenta nova redução no IPI

Presidente disse ainda ver pouca possibilidade de que o Congresso aprove este ano a reforma administrativa

Por  Reuters -

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta segunda-feira, que o governo ainda tenta uma segunda redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), depois do corte de 25% feito em fevereiro.

O governo avaliava um novo corte, para que a redução chegue a 33%, mas a decisão ainda não foi tomada. Na semana passada, uma fonte do governo disse que a ideia tinha sido abandonada.

No entanto, em entrevista a uma rádio do Pará, Bolsonaro voltou a levantar a questão do IPI como uma das possíveis medidas a serem tomadas ainda este ano. Disse também que o ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda tentará criar a carteira de trabalho verde-amarela, que possibilita a contratação de pessoas com menos direitos trabalhistas.

O governo já tentou essa medida via Medida Provisória, mas a proposta não foi aprovada pelo Congresso.

Bolsonaro disse ainda ver pouca possibilidade de que o Congresso aprove este ano a reforma administrativa, que está parada há vários meses na Câmara dos Deputados, e ressaltou que acha difícil mesmo outros projetos andarem.

“Dificilmente o Parlamento vai avançar em qualquer projeto importante este ano”, afirmou.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe