AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre o balanço da rede de laboratórios; assista

Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre o balanço da rede de laboratórios; assista

Bolsa na Índia dispara 17% após vitória de Manmohan Singh nas eleições

A conquista de novas cadeiras no Congresso colaborará para a formação de um governo mais forte e estável

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O índice BSE Sensex 30 da Bolsa de Mumbai (Índia) avançou 17,34% nesta segunda-feira (18), para 14.284,21 pontos, estimulado pela vitória decisiva do Partido do Congresso, que já vinha governando o país, nas eleições nacionais. A forte alta obrigou o fechamento antecipado do pregão.

As operações em Mumbai foram suspensas ainda antes, depois que o movimento de compra por parte de investidores impulsionou as cotações para acima do limite máximo. O clima otimista também colaborou para o avanço no câmbio.

A rúpia (moeda indiana) atingiu seu maior patamar frente ao dólar em uma década, registrando valorização de mais de 3% – a maior desde 1986. A cotação chegou a 47,78 rúpias por dólar.

Cenário favorável

Aprenda a investir na bolsa

Ao contrário de todas as previsões, o Partido do Congresso, da dinastia Nehru-Gandhi, obteve no domingo (17) uma vitória folgada no pleito, com vantagem em 205 circunscrições frente às 117 do hinduísta Bharatiya Janata Party (BJP), segundo a Comissão Eleitoral da Índia.

Junto com seus aliados da Aliança Progressista Unida, o histórico partido indiano pode superar as 260 cadeiras, e com isso se aproxima da maioria absoluta (272) e oferece ao atual primeiro-ministro, Manmohan Singh, a possibilidade de formar um novo governo mais forte e estável.