Apoio de bancada do PSDB à candidato do PT na Câmara causa racha no partido

Disputa pela presidência da Câmara causa problemas à oposição e também à base aliada do governo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A disputa eleitoral pela presidência da Câmara não está só causando problemas à base aliada do governo. A bancada do PSDB, um dos maiores opositores do governo atual, decidiu apoiar o candidato do PT, Arlindo Chinaglia, e causou discussões dentro do partido.

Segundo o presidente do PSDB na Câmara, Jutahy Magalhães, a maioria da bancada do partido, composta por 66 deputados, aprovou a candidatura de Chinaglia, informou a agência Brasil.

Disputa dentro do partido

No entanto, Jutahy disse que a decisão não é unanimidade no partido e, no dia das eleições, alguns parlamentares podem não votar no candidato do PT. Alguns políticos já se manifestaram contra o apoio, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Aprenda a investir na bolsa

Já o deputado Sílvio Torres criticou o presidente do partido e afirmou em nota que “o anúncio não reflete a decisão final de todos os deputados federais eleitos”. Torres também afirmou que o PSDB deve escolher um candidato próprio para essas eleições.

Base forte

Disputando a presidência da Câmara com o atual ocupante do cargo, Aldo Rebelo, Arlindo Chinaglia viu sua candidatura ganhar força quando recebeu o apoio do PMDB. O PL, o Prona e o PSC também devem formalizar a adesão à candidatura do PT.