Veja lista de bens

Ana Amélia, vice de Alckmin, quadruplica seu patrimônio em 8 anos

Senadora explica que aumento de patrimônio é decorrente de uma herança deixada por seu marido, falecido em 2011

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A candidata a vice-presidente na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), Ana Amélia (PP), registrou sua candidatura e declarou patrimônio de R$ 5,1 milhões ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A soma dos valores dos bens declarados é equivalente a quatro vezes o valor declarado em 2010, de R$ 1,3 milhões e quase quatro vezes o patrimônio declarado por Geraldo Alckmin neste ano. Corrigido pela inflação de 2010 para cá, esse valor estaria em R$ 2,1 milhões atualmente. 

Em nota enviada ao InfoMoney, a senadora explicou que o aumento de seu patrimônio, entre 2011, quando assumiu o Senado, até 2017, “se explica, cristalinamente, pela herança de 36% da área de uma propriedade rural, no estado de Goiás, deixada por meu marido, falecido em 2011”. Segundo Ana Amélia, essa fazenda fazia parte desse espólio e foi vendida a prazo. O valor total foi compartilhado com outras três herdeiras.

“As parcelas do pagamento, ainda não concluído, estão todas declaradas no meu Imposto de Renda, ano a ano, desde o ato da operação, com todos os impostos pagos, conforme a lei”, afirma. “O aumento de meu patrimônio não é fruto da atividade política, mas da herança deixada por meu marido e por aplicações feitas com meus rendimentos nesse período”, explica. 

PUBLICIDADE

Quando foi candidata ao governo do Rio Grande do Sul, em 2014, Ana Amélia declarou patrimônio de R$ 2,6 milhões, o equivalente a R$ 3,3 milhões, se corrigidos pela inflação acumulada até agora. 

Leia também: Geraldo Alckmin declara patrimônio ao TSE; saiba como o candidato investe
Boulos é o primeiro presidenciável a registrar candidatura no TSE; veja os bens declarados
Dois candidatos à Presidência declararam seus bens ao TSE

Entre os itens declarados neste ano, a senadora informa ter cinco apartamentos – o mais caro deles com valor de R$ 1,8 milhões – e duas casas, que somam R$ 440 mil. A candidata declara ainda aplicações em renda fixa, fundo de previdência VGBL, fundo de curto prazo, valores em conta corrente e veículo.

Veja os bens declarados por Ana Amélia (PP), vice de Geraldo Alckmin (PSDB): 

Bem declaradoValor do bemPart %
ApartamentoR$1.828.647,3537,1%
ApartamentoR$596.350,9112,1%
VGBL – Vida Gerador de Benefício LivreR$351.428,747,1%
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros)R$315.396,466,4%
ApartamentoR$273.896,835,6%
CasaR$240.000,004,9%
CasaR$200.000,004,1%
ApartamentoR$190.520,003,9%
ApartamentoR$184.600,003,7%
LojaR$174.537,933,5%
LojaR$139.758,982,8%
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc.R$119.851,882,4%
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros)R$93.500,001,9%
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros)R$85.246,631,7%
Outros bens móveisR$50.000,001,0%
Outros bens móveisR$20.000,000,4%
TerrenoR$15.000,000,3%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$12.879,760,3%
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros)R$11.517,870,2%
Fundo de Curto PrazoR$11.447,070,2%
Outros bens móveisR$10.000,000,2%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$915,120,0%
Outros bens móveisR$35,870,0%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$10,000,0%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$1,000,0%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$1,000,0%
Depósito bancário em conta corrente no PaísR$0,800,0%

Quer sair da poupança e ver seu dinheiro render MAIS? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos