AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre os números do grupo no trimestre; assista

Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre os números do grupo no trimestre; assista

Eleições de 2018

Alckmin facilitará posse de arma para agricultor, diz vice Ana Amélia

"O crime organizado migrou da área urbanas para a rural, onde não há defesa, não há proteção", disse a vice do candidato à presidência pelo PSDB

(Bloomberg) — Se for eleito em outubro, Geraldo Alckmin vai trabalhar para liberalizar a posse de armas para trabalhadores rurais, disse a sua companheira de chapa, senadora Ana Amélia, em entrevista nesta segunda-feira.

“O crime organizado migrou da área urbanas para a rural, onde não há defesa, não há proteção”, disse ela. “É esse agricultor que defendo que tenha o direito, sim, de ter uma arma dentro de casa para se defender.”

Leia também: 
– Ana Amélia Lemos: quem é a vice de Geraldo Alckmin?
– William Waack: por que a vice de Alckmin deveria preocupar Bolsonaro

PUBLICIDADE

Flexibilizar a legislação sobre o porte de armas é uma das principais promessas de Jair Bolsonaro, o ex-capitão do Exército que lidera as pesquisas de intenção de voto na corrida presidencial. A escolha de Alckmin por Ana Amélia, parlamentar com laços estreitos com a comunidade agrícola do sul do país, pode ajudar a atrair possíveis apoiadores do candidato de extrema-direita. O apelo de Amélia às preocupações de segurança dos proprietários rurais e trabalhadores agrícolas pode vir a fortalecer a posição de Alckmin entre esses eleitores.

“Sempre defendi e vou continuar defendendo que o agricultor tenha esse direito”, disse. “Acompanho isso há muitos anos, a violência é hoje a prioridade do agricultor”.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear