Fliper

Oferecido por
Fliper aplicativo controle consolidador financeiro
Conteúdo Patrocinado

Buy opportunity? As 5 ações preferidas dos investidores no momento

Levantamento da Fliper com mais de R$ 75 bilhões em patrimônio mapeado mostra Itaúsa na liderança, seguida de Vale e Petrobras

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

O cenário econômico e político no Brasil não é dos melhores e, para piorar, o mercado internacional também sofre com a crise da incorporadora chinesa Evergrande. Com esse ambiente, o Ibovespa, que chegou a atingir os 130 mil pontos em junho, agora voltou para baixo dos 115 mil pontos.

Crise ou buy opportunity?

Períodos de turbulência oferecem grandes riscos, mas também grandes oportunidades.

Como diz o ditado de mercado, “Compre ao som de canhões e venda ao som dos violinos”.

Portanto, investidores com caixa estão buscando barganhas na bolsa de valores, visando bons retornos a longo prazo.

Mas em quais empresas os brasileiros estão diversificando sua carteira de renda variável?

Um levantamento da Fliper, plataforma de consolidação de investimentos, mostra o ranking das maiores alocações em ações, dentro de mais de R$ 75 bilhões em patrimônio mapeado, no mês de setembro.

RankingCódigoEmpresaSegmento
1ITSA4ItaúsaFinanceiro
2VALE3ValeMineração
3PETR4PetrobrasPetróleo e Gás
4BBAS3Banco do BrasilFinanceiro
5BBDC4BradescoFinanceiro

Podemos notar a preferência por Blue Chips, empresas de alto valor de mercado, consolidadas no seu setor e que possuem alta liquidez.

1º lugar: Itaúsa (ITSA4)

PUBLICIDADE

Na liderança ficou a Itaúsa, holding que detém no portfólio o banco Itaú, as empresas Alpargatas, Duratex, entre outras.

Fundada em 1966, com a criação do Banco Federal Itaú de Investimentos.

Depois de alguns anos, deixou de ser uma instituição financeira e passou a controlar as diversas sociedades que possui.

Por ser uma holding consolidada, os acionistas enxergam como uma de suas atratividades a distribuição de proventos.

Fonte: itausa.com.br

Abaixo, segue gráfico comparativo entre as performances de ITSA4 e o Ibovespa, nos últimos 5 anos:

Fonte: Comparador de Investimentos InfoMoney

Lembrando que ações são ativos de renda variável e rentabilidade passada não é garantia de retornos futuros.

Fatos relevantes envolvendo a holding:

  • Itaúsa adquiriu 1,7 milhão de ações preferenciais em programa de recompra;
  • Fez um investimento adicional de R$ 1,2 bilhão na Aegea Saneamento;
  • No dia 1 de outubro, haverá uma assembleia para deliberar sobre a incorporação da XPart pela XP.

2º lugar: Vale (VALE3)

PUBLICIDADE

A Vale é uma das maiores produtoras mundiais de minério de ferro e níquel. Também produz pelotas de minério de ferro, minério de manganês, ferroligas, carvão metalúrgico e térmico, cobre, metais do grupo da platina (PGMs), ouro, prata e cobalto.

Fonte: vale.com

A companhia foi fundada pelo governo grasileiro, em 1942, sob a forma de sociedade de economia mista, com o objetivo de explorar, comercializar, transportar e exportar minérios de ferro das minas de Itabira, e explorar o tráfego da Estrada de Ferro Vitória-Minas, que transportava minério de ferro e produtos agropecuários pelo Vale do Rio Doce, na região Sudeste do Brasil, até o porto de Vitória.

Hoje, ela  opera um grande sistema de logística no Brasil e em outras regiões do mundo, incluindo ferrovias, terminais marítimos e portos, que estão integrados às suas operações de mineração, além de possuir um centro de distribuição para o suporte de entrega de minério de ferro ao redor do mundo.

Nos últimos 5 anos, VALE3 supera de longe a performance do IBOV:

Fatos relevantes envolvendo a empresa:

  • Preço do minério de ferro despencou de US$ 220 para cerca de US$ 100, desde julho.
  • Ela irá distribuir R$40,2 bilhões em proventos para os acionistas, acima de R$8,00 por ação.
  • A Vale reduziu a meta da capacidade de produção da matéria-prima do aço em 2022.

De acordo com a equipe de análise da XP, que possui recomendação de compra no momento para Vale, o papel negocia a um múltiplo EV/EBITDA bem abaixo da média histórica e eles esperam que essa diferença reduza adiante, frente a forte geração de caixa, distribuição de dividendos, melhores práticas de ESG, entre outros fatores positivos que contribuem para seus resultados.

3º lugar: Petrobras (PETR4)

PUBLICIDADE

A Petrobras é uma das maiores produtoras de petróleo e gás do mundo. Em 2019, os campos operados pela Companhia produziram 93,64% do petróleo e gás natural do Brasil, conforme dados da ANP.

Fonte: www.petrobras.com.br

Fundada em 1953, pelo governo brasileiro , a companhia também atua nos mercados de refino, transporte e comercialização, possuindo e operando 14 refinarias, incluindo uma unidade de processamento de xisto, responsáveis pela maior parte da capacidade de refino no Brasil, que está concentrada na região Sudeste, onde se encontram os mercados mais populosos e industrializados do país.

Além disso, a Petrobras atua na geração de energia, na atividade de biocombustíveis, petroquímica e nos negócios de distribuição, por meio de participações em algumas empresas.

Segue gráfico comparativo entre PETR4 x IBOV, desde Out/2016:

ações

Fatos relevantes envolvendo a Petrobras:

  • Concluiu a venda da Isaac Sabbá (REMAN) por US$ 189,5 milhões para a Ream Participações.
  • Recebeu o pagamento à vista de US$ 2,9 bilhões referente às obrigações das parceiras chinesas CNODC e CNOOC no acordo de coparticipação do campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos.
  • Publicou o edital para retomar o acesso ao Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito de Pecém, no Estado do Ceará (TR-PECEM) e suas instalações associadas.

4º lugar: Banco do Brasil (BBAS3)

Fundado em 12 de outubro de 1808, o Banco do Brasil S.A. foi a primeira instituição bancária a operar no país e a primeira empresa a realizar uma oferta pública de ações no mercado de capitais brasileiro.

Com sede em Brasília, o Banco do Brasil é um banco múltiplo e tem como acionista controlador o governo grasileiro.

O Banco do Brasil é um dos maiores conglomerados financeiros do país em termos de ativos com mais de 17% de participação de mercado, de acordo com o Banco Central.

Também é o maior banco em gestão de ativos, empréstimos ao agronegócio com participação de mercado de 54%  e crédito consignado com 21% de participação.

O Banco possui mais de 70 milhões de clientes e 39 milhões de contas correntes.

Abaixo, gráfico de performance das ações BBAS3, nos últimos 5 anos:

ações

Fatos relevantes envolvendo o BB:

  • Banco do Brasil, junto ao Bradesco estão avaliando fechar o capital de sua controlada Cielo (CIEL3).
  • Revisou suas projeções para 2021 em relação ao lucro líquido, margem bruta, entre outros indicadores financeiros.
  • Irá distribuir mais de R$500,00 milhões em proventos aos acionistas sob a forma de Juros sobre Capital Próprio (JCP).

O time de research da XP recomenda a compra do ativo, que negocia a cerca de 0,6x P/VP (preço sobre valor patrimonial), demonstrando um valuation atraente, entre outros motivos como payout (índice de distribuição de dividendos) relevante e operacionalmente defendido de cenários econômicos e políticos.

5º lugar: Bradesco (BBDC4)

O Bradesco é um dos cinco maiores bancos do Brasil, em termos de total de ativos, operações de crédito e volume de depósitos e captações.

Oferece produtos e serviços bancários e financeiros, no país e no exterior, para pessoas físicas, empresas e instituições nacionais e internacionais.

Fundado em 1943, consolidou-se por meio de incorporações de várias instituições financeiras, ao longo de sua trajetória.

Somente entre 2000 e 2007, foram quase 20 incorporações. Em 2016, a maior delas: aquisição das operações do HSBC Bank no Brasil, por R$ 16 bilhões.

É controlado pela Companhia Cidade de Deus e Fundação Bradesco, o banco tem mais de 71 milhões de clientes, aproximadamente 4,6 mil agências e cerca de 99 mil funcionários.

Nos últimos 5 anos, as ações BBDC4 performaram abaixo do Ibovespa:

ações

Fatos relevantes envolvendo o banco:

  • Revisou nas suas projeções para este ano, o resultado das operações de Seguros, Previdência e Capitalização.
  • Como dissemos anteriormente, está avaliando fechar o capital da Cielo, junto ao Banco do Brasil.
  • Foi o primeiro banco brasileiro a aderir ao Net-Zero Banking Alliance (NZBA) da UNEP FI, para descarbonizar suas carteiras de crédito e investimentos até 2050.

Os analistas da XP, recentemente rebaixaram sua recomendação de BBDC4 para neutro, pois perceberam que as iniciativas do Open Banking podem trazer riscos a sua operação de seguros, o que representa 1/3 de seus lucros.

Como analisar e organizar sua carteira de investimentos?

Agora que você conheceu as ações preferidas dos investidores, lembramos que a diversificação dos recursos em diferentes classes de ativos e instituições financeiras pode dificultar o acompanhamento e controle do patrimônio.

Entrar no site de cada casa para classificar seus investimentos em uma planilha de excel pode dar trabalho e tomar muito tempo.

Visando solucionar este problema, o Fliper é um aplicativo gratuito que consolida todos os seus investimentos de bancos, corretoras e FGTS, de forma automática.

Ainda é possível acompanhar gráficos de rentabilidade da carteira, evolução patrimonial, analisar fundamentos dos ativos, receber notificações de proventos, disponibilidade de liquidez, entre diversas outras funcionalidades que ajudam o investidor a tomar melhores decisões.

Quem se conhece, melhor investe! Acesse a Fliper.