Estratégia passiva

XP lança ETF que acompanha variação de ações de empresas chinesas

Produto busca replicar o desempenho da carteira teórica do MSCI China e tem taxa de administração de 0,30% ao ano

arrow_forwardMais sobre
Bandeiras da China ao vento
(Shutterstock)

SÃO PAULO – A XP lançou nesta segunda-feira (21) o primeiro fundo de índice (ETF) do mercado brasileiro focado em China.

Denominado “Trend ETF MSCI China”, o ETF é negociado sob o código “XINA11” e busca replicar o desempenho do índice “MSCI China”, composto por mais de 600 companhias chinesas. O produto tem exposição ao dólar, isto é, seu retorno é composto pela variação do MSCI China e da moeda americana.

Com lote-padrão de uma unidade e valor inicial de R$ 10, a XP cobra uma taxa de administração de 0,30% ao ano sobre o valor investido no ETF.

“A transformação da China ao longo das últimas décadas em uma superpotência é impressionante. A China é hoje a segunda maior economia do mundo e, por isso, deve ser avaliada em uma carteira internacional bem diversificada”, afirmou Fabiano Cintra, especialista de fundos da XP, em nota à imprensa.

Leia também:
ETF x fundo passivo: conheça as principais diferenças antes de investir

No último dia 30, passaram a ser negociados na B3 37 BDRs que têm como lastro as cotas de ETFs (fundos de índices) estrangeiros. São os chamados BDRs de ETFs. Entre eles, está um BDR que acompanha o próprio MSCI China.

A compra do BDR de ETF, no entanto, ainda é restrita ao investidor qualificado, diferentemente do ETF da XP, destinado a investidores em geral.

Com o novo produto, a XP soma três ETFs na Bolsa brasileira. O primeiro foi o “Trend ETF Ifix“, em novembro, que replica o Ifix, índice que acompanha o desempenho dos principais fundos imobiliários listados na B3. Já o segundo, o “Trend ETF LBMA Ouro“, replica o preço médio do metal precioso, em dólar, e foi lançado na semana passada.

Atualmente, são negociados na Bolsa brasileira 22 ETFs de renda variável e sete de renda fixa, com um volume médio diário negociado de R$ 1,5 bilhão.

PUBLICIDADE

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!