Renda fixa

Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos caem na tarde desta segunda-feira, em dia de aversão nos mercados

Investidores monitoram revisões para cima das expectativas para Selic e IPCA, além do aumento da produção de petróleo pela Opep+

Brazilian currency. Money on the wooden table in one hundred and fifty reais banknotes.
(Rmcarvalho/Getty Images)

SÃO PAULO – A maioria dos prêmios dos títulos públicos negociados por meio do Tesouro Direto, programa voltado para a compra e a venda dos papéis por pessoas físicas, oscilava próximo da estabilidade na tarde desta segunda-feira (19), com leve tendência de queda, revertendo o movimento visto no começo das negociações.

O recuo é reflexo da forte aversão que marca os pregões no mercado financeiro como um todo. As atenções dos investidores estão voltadas para o aumento da oferta de petróleo para 400 mil barris por dia, a partir de agosto até o fim deste ano, além de preocupações com a variante Delta. No caso do petróleo, a expansão na produção está ligada ao acordo estabelecido entre integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e suas nações aliadas (Opep+), grupo que inclui a Rússia e o México.

No Tesouro Direto, entre os papéis com retornos atrelados à inflação, os títulos Tesouro IPCA+ com vencimentos em 2035 e 2045 recuavam de juro real de 4,12% no início da manhã para 4,10% na primeira atualização da tarde. No último pregão, os papéis ofereciam 4,11% de juro real.

Entre os títulos com pagamento de juros semestrais, na atualização após o almoço, o Tesouro IPCA+ 2055 mantinha o pagamento de juros reais de 4,32% ao ano visto no começo das negociações, só que abaixo dos 4,33% da sessão anterior.

No grupo dos papéis com rentabilidades prefixadas, o título com vencimento em 2026 manteve o pagamento de prêmio de 8,59% visto durante a tarde, valor abaixo dos  8,61% da última sexta-feira. Da mesma forma, o papel com vencimento em 2031 e que oferece pagamento de juros semestrais recuava de 9,19% no início da manhã para 9,18% à tarde, contra 9,16% na sessão anterior.

Confira os preços e as taxas atualizadas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto nesta segunda-feira (19):

Taxas Tesouro Direto
Fonte: Tesouro Direto

Agenda doméstica

O Banco Central divulgou hoje pela manhã que a mediana dos economistas para a inflação medida pelo IPCA neste ano avançou, pela 15ª semana consecutiva, desta vez de 6,11% para 6,31%. Para 2022, as estimativas se mantiveram em 3,75%.

Em meio às revisões constantes para cima no índice de preços, os economistas ouvidos pelo Focus elevaram suas expectativas para a taxa Selic este ano, de 6,63% para 6,75% ao ano, e mantiveram em 7,00% ao ano para 2022.

Para as próximas duas reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom), as estimativas se mantiveram em aumentos de 0,75 ponto percentual da Selic, levando os juros para 5,00%, em agosto, e para 5,75%, em setembro.

PUBLICIDADE

Com relação ao desempenho da economia brasileira, as projeções para o crescimento da atividade em 2021 foram elevadas pela 13ª semana, de 5,26% para 5,27%. Para o próximo ano, a expectativa é de expansão de 2,10% da atividade, praticamente em linha com o estimado anteriormente, de crescimento de 2,09% do Produto Interno Bruto (PIB).

Ainda na agenda local, os investidores monitoram a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022. Durante entrevista à imprensa após deixar o hospital em São Paulo no domingo, o presidente Jair Bolsonaro defendeu os parlamentares que aprovaram a LDO para o ano que vem, mas criticou a inclusão de um fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, três vezes maior do que na legislação anterior.

Bolsonaro disse que, com esses recursos, os ministros Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, poderiam fazer obras importantes. Sem se comprometer em vetar o aumento do fundo eleitoral, o presidente afirmou que vai buscar uma solução.

Cenário internacional

Já no ambiente global, o mercado acompanha com preocupação o recrudescimento da pandemia por causa da variante Delta em alguns países, especialmente no sudeste asiático.

Investidores também repercutem a notícia do último domingo de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e suas nações aliadas (Opep+) concordou em aumentar no ano que vem os limites de produção de petróleo impostos a cinco países e a elevar sua produção em 2 milhões de barris por dia até o fim deste ano.

Segundo o acordo, o grupo vai incrementar a produção em 400 mil barris por dia a cada mês a partir de agosto até dezembro, até chegar a 2 milhões de barris por dia. Já para o ano que vem, a Opep+ disse que vai reavaliar o corte de 5,8 milhões de barris de produção até o fim de 2022.

Por volta das 15h10 (horário de Brasília) de hoje, os contratos de petróleo do tipo brent com vencimento em setembro despencavam 7,12%, cotados a US$ 68,39 o barril. Da mesma forma, os contratos de petróleo do tipo WTI recuavam 7,64%, negociados a US$ 66,08.

As preocupações com o avanço da variante Delta do coronavírus e a queda brusca no preço do petróleo trouxeram forte volatilidade para o preço dos ativos nas bolsas americanas nesta segunda-feira. O Índice S&P 500 VIX, — que é popularmente conhecido como “índice do medo” porque mede a volatilidade das 500 ações mais negociadas no mercado financeiro dos Estados Unidos —, chegou a disparar 33% hoje, mas depois perdeu um pouco de força. Por volta das 15h30, o VIX subia 30,68%, cotado a US$ 24,12.

PUBLICIDADE

O mercado também acompanha o discurso de Joe Biden, presidente dos Estados Unidos sobre o atual estado do país. Em sua fala, ele destacou que analistas projetam agora crescimento de “7% ou mais” para a economia americana, com geração de emprego em “nível recorde”.

Biden disse também que o Congresso deve apoiar o pacote de infraestrutura defendido por seu governo e que a melhoria em estradas e infraestrutura pode ajudar a conter os preços dos produtos e aumentar a produtividade da economia, o que poderia impactar positivamente o quadro de inflação.

Investidores também estão atentos às notícias de que os Estados Unidos estariam perto do pico de crescimento econômico. Uma matéria da Bloomberg, por exemplo, alerta que estrategistas de investimento começaram a se questionar se a economia americana não teria atingido o “limite de velocidade“.

Em entrevista à Bloomberg Television, Frank Benzimra, chefe de estratégia de ações da Ásia no Société Générale, disse que “este é realmente um dos elementos que nos levou a reduzir a alocação em ativos de risco em nossa alocação global. Temos a inflação, mas também temos esse elemento do crescimento”.

Quer entender o que é o mercado financeiro? Assista à série gratuita “Carreira no Mercado Financeiro” e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.