Tesouro Direto: taxas caem e títulos de inflação pagam até 5,50% após PCE dos EUA

Mercado ainda analisa votações importantes no Congresso Nacional

Leonardo Guimarães

(Shutterstock)

Publicidade

Os juros dos títulos públicos caem nesta sexta-feira (22). Investidores repercutem dados de inflação nos Estados Unidos e, no cenário local, votações no Congresso Nacional. 

O Departamento de Comércio dos EUA divulgou hoje que o núcleo do índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês), subiu 0,1% em novembro ante outubro e teve alta de 3,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado. 

Analistas esperavam estabilidade na inflação mensal e alta de 2,8% na comparação anual. O núcleo do PCE exclui as variações de preços de alimentos e energia, considerados mais voláteis. 

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Por aqui, a Câmara dos Deputados aprovou, nesta madrugada, o projeto de lei que regulamenta a tributação das apostas esportivas. A proposta prevê ainda a taxação de jogos e apostas online, como cassinos virtuais – que tinham sido retirados pelos senadores e foi retomada pelo relator na Câmara, deputado Adolfo Viana (PSBD-BA). 

Ainda no Congresso Nacional, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou, ontem, o texto da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2024, com um corte de cerca de R$ 7 bilhões nas despesas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), uma das vitrines do governo federal. 

No Tesouro Direto, os juros dos títulos de inflação operavam em queda na primeira atualização do dia, às 9h21. O Tesouro IPCA+ 2029 tinha rentabilidade real de 5,17% ante 5,21% no início da sessão de ontem. A taxa do Tesouro IPCA+ 2045 caía de 5,53% para 5,50%, enquanto a do Tesouro IPCA+ 2055 recuava de 5,48% para 5,45%. 

Continua depois da publicidade

Nos prefixados, o papel para 2033 tinha rentabilidade anual de 10,36% ante 10,41% ontem. A taxa do Tesouro Prefixado 2029 caía de 10,16% para 10,15%, já a do Tesouro Prefixado 2026 tinha leve recuo de 9,64% para 9,63%. 

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto na manhã desta sexta-feira (22):