Em onde-investir

Alta de 9,73% do ouro faz com que commodity seja o melhor investimento do mês

A segunda melhor aplicação do mês foi o Dólar PTAX, com alta de 2,19%

ouro
(Getty Images)

SÃO PAULO - O ouro 250 gramas teve valorização 9,73% em julho, sendo assim o investimento mais rentável do mês - alcançando esse posto pela 2ª vez no ano. Em junho, essa commodity havia registrado desvalorização 0,42%.

A segunda melhor aplicação do mês foi o Dólar PTAX, que teve ganhos 2,19%. Nos últimos dois meses anteriores, a moeda havia sido o investimento mais rentável, com alta de 7,04%. Logo em seguida aparece o Ibovespa, principal índice da bolsa de valores, que apresentou alta de 1,64%, após seis meses consecutivos de queda. A perda acumulada de 2013 do benchmark é de 20,86% até o dia 31 de julho.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

De acordo com Antônio de Júlio, educador financeiro, essa alta expressiva do ouro, que vinha caindo muito desde o início do ano, pode ser um respiro para cair ainda mais nos próximos meses. “Acreditar que o ouro vai se perpetuar é algo muito arriscado nesse momento, acho que a tendência é continuar caindo, mantendo assim o movimento que já observamos desde o início do ano”, afirmou.

Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney

Segundo ele, o dólar, que está uma ascensão absoluta há um bom tempo, deve parar de subir tão expressivamente nos próximos meses, afinal, diferente do ouro, que somente obedece um mercado de oferta e demanda, a moeda sofre intervenções do Banco Central de forma constante. “Se o dólar continuar subindo, vai puxar a inflação, e isso é a última coisa que o governo quer nesse momento. Acho que eles farão o que for necessário, daqui em diante, para segurar essa alta”, completou.

Renda fixa: devagar e sempre
No mercado de renda fixa, tanto o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), quanto o CDB (Certificado de Depósito Bancário) - Pré 30 dias (bancos de 1ª linha) e a Poupança voltaram a figurar no "meio da tabela". As rentabilidades foram de 0,67%, 0,66% e 0,48%, respectivamente, contra valorização de 0,58%, 0,62% e 0,43%, nesta ordem, no mês passado.

A elevação da valorização da poupança ocorreu devido a mais um aumento da taxa Selic, que agora se encontra em 8,5% ao ano, na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC. Vale destacar que se a Selic for elevada mais uma vez, a regra da poupança antiga passa a vigorar novamente. 

Ifix: único investimento com rentabilidade negativa do mês
Em julho, o índice que mede o desempenho dos fundos imobiliários mais líquidos negociados na BM&FBovespa, terminou com queda de 0,56%. Apesar de ser o único investimento a apresentar queda no mês, seu desempenho em julho foi muito superior ao do mês anterior, quando havia fechado em queda de 7,55%.

Veja a rentabilidade dos principais investimentos em julho:

InvestimentoJulhoReal*
*Deduzida a variação do IGP-M, que cresceu 0,26% em julho de 2013
**CDB líquido (acima de R$ 100 mil) 
***Taxa Efetiva Andima
Ouro +9,73% +9,45%
Dólar +2,19% +1,92%
Ibovespa +1,64% +1,38%
CDI*** +0,67% +0,41%
CDB Pré - Bancos 1ª linha**

+0,66%

+0,40%
Poupança +0,48% +0,22%
Ifix -0,56% -0,82%

 

Contato