Fundos imobiliários

Mercedes-Benz vai desocupar galpão alugado de FII em MG; confira impacto no dividendo do fundo

O contrato de locação representa 57% da receita do OULG11, que sinaliza redução de dividendos

Por  Wellington Carvalho -

 

A Mercedes-Benz do Brasil sinalizou que vai desocupar o galpão logístico que ocupa em Juiz de Fora (MG), de acordo com o FII Ourinvest Logística (OULG11), dono do espaço alugado para a empresa desde 2012.

Diante da falta de interesse em renovar o vínculo, confirmam os gestores do fundo, a locação do imóvel acabará em julho de 2024 – e o último aluguel será pago no dia cinco daquele mês.

“Até o encerramento da locação, o aluguel do imóvel será pago normalmente, sendo certo que seu valor atual é de R$ 910,9 mil por mês”, detalha comunicado ao mercado. “[O montante] equivale a R$ 28,72, por metro quadrado, por mês”, complementa o texto.

Classificado como AAA – máximo padrão construtivo –, o galpão em Juiz de Fora tem ao todo uma área bruta locável (ABL) de 31,4 mil metros quadrados. O espaço responde por 57% da receita do fundo e fica a três quilômetros da fábrica de caminhões da locatária.

Diante da saída da Mercedes-Benz do Brasil, o fundo planeja reduzir o volume de dividendos distribuídos aos cotistas, dos atuais R$ 0,42 para cerca de R$ 0,30 por cota.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“[A diferença] será utilizada para a amortização das dívidas do fundo e/ou para obras de adaptação do imóvel para futura locação aos futuros locatários”, complementa fato relevante divulgado pelo OULG11 nesta quinta-feira (16).

Além do galpão em Minas Gerais, o Ourinvest Logística conta ainda com um galpão em Duque de Caxias (RJ), também classificado como AAA. O local é ocupado pela American Pet e para O Amigão, duas varejistas locais.

Leia também: 

Newsletter
Liga de FIIs
Receba em primeira mão notícias exclusivas sobre fundos imobiliários
Compartilhe