Mais Simples Que

Investir em debêntures é BEM mais simples que resolver o cubo mágico

Para Ana Laura Magalhães, obter rendimentos com debêntures é mais fácil do que montar um cubo mágico

SÃO PAULO – Viver da renda proveniente dos seus investimentos é possível e, muitas vezes, é mais simples do que a maioria pensa ser.

Visando descomplicar o mundo dos investimentos, o InfoMoney, em parceria com a especialista em investimentos Ana Laura Magalhães, do canal Explica Ana, apresenta a série Mais Simples Que, para ensinar o básico sobre investimentos e como fazer para suas aplicações renderem melhor, mostrando que ganhar dinheiro investindo é mais simples que muita coisa.

Nesse episódio, Ana explica os fundamentos básicos e os principais pontos dos debêntures, uma aplicação de renda fixa que representa dívidas de médio e longo prazos e pode lembrar, em alguns aspectos, títulos públicos negociados no Tesouro Direto.

Leia também: entenda por que e como investir em debêntures

A diferença é que, em vez de financiar o governo, quem compra debentures empresta dinheiro para uma empresa privada, seja para expandir suas operações, construir uma nova fábrica ou fazer algum tipo de investimento.

Como uma aplicação de Renda Fixa, quem investe em uma debênture já sabe desde o início por quanto tempo o dinheiro precisará ficar aplicado e também de quanto serão os juros que receberá até lá.

Invista em debêntures com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na XP!