Conteúdo Patrocinado
Oferecido por Rivero One Corporate

Inovador, River One Corporate segue conceitos dos prédios do futuro

Empreendimento oferece economia e dinamismo para as empresas e qualidade de vida para os seus frequentadores

arrow_forwardMais sobre
Entre a tranquilidade do verde e o agito da cidade, o empreendimento de 4.840m² de terreno oferece fácil entrada e saída para as marginais
Aprenda a investir na bolsa

Enquanto muitas empresas avaliam como retornar ao trabalho presencial em tempos de home office imposto pelo isolamento social, os prédios com certificação Green Building saem na frente. Comprometidos com o meio ambiente, eles oferecem atrativos como redução de gastos para empresários e ambientes arejados com qualidade máxima de acabamento e que proporcionam bem-estar para os seus frequentadores. É caso do River One Corporate, que possui locação de lajes corporativas a partir de 1.383 m², em um Mix The Use no bairro do Butantã, em São Paulo. Dinamismo, praticidade e contemporaneidade foram os principais pilares para a idealização que vai ressignificar a relação entre a cidade e as pessoas.

Os green buildings são construções ambientalmente responsáveis e eficientes na utilização de seus recursos. Além de todo cuidado com o meio ambiente, ainda há uma maior valorização em relação ao mercado para esse tipo de construção, visto que a ocupação dos imóveis é feita de modo mais rápido.  As empresas que investem em green buildings possuem os seus custos com a construção, operação e manutenção reduzidos.

Isso se deve às práticas como o reaproveitamento de água, otimização do canteiro de obras, dentre outras soluções que viabilizam o melhor aproveitamento dos recursos, sejam eles humanos ou materiais.

Aprenda a investir na bolsa

Um levantamento do US Green Building Council (USGBC) de 2019 afirma que o Brasil ocupa a quarta posição, entre dez países e regiões fora dos Estados Unidos, com maior área certificada LEED Green Building. Crescer neste ranking é colocar o país entre os mais desenvolvidos do mundo.

Os green buildings são construções ambientalmente responsáveis e eficientes na utilização de seus recursos

Sustentabilidade e conceitos modernos
Desde a virada do século 21, a sustentabilidade surge como grande desafio para a construção civil. Dados da Fundação Dom Cabral em 2013 já mostravam que o setor consumia 75% de todos os recursos naturais e 44% da energia produzida no Brasil. Números elevados e que reforçam a necessidade de práticas preventivas.

É focado em trazer soluções que o River One Corporate oferece diversas áreas verdes espalhadas por sua dimensão, todas elas com espécies da flora local, adaptadas ao regime de chuvas de São Paulo. Consequentemente, o consumo de água será o menor possível. Dispositivos sanitários de baixo fluxo serão utilizados no empreendimento, ocasionando uma economia de 34% em relação aos mais comuns no mercado.

Essa regra também se aplica para os equipamentos elétricos, que serão mais sofisticados e atingirão 7% de economia em relação aos demais. Uma análise cuidadosa está sendo seguida para reduzir o consumo de materiais e o impacto da construção em, ao menos, 10%. A taxa de ventilação dos ambientes excede os parâmetros mínimos do LEED em 30%, garantindo melhor qualidade do ar interno. O empreendimento foi desenvolvido pelo escritório de arquitetura Perkins + Will que prezou a ideia de entrada de luz natural, economizando ainda mais energia e reduzindo a emissão de carbono. Essas e muitas outras medidas tornaram o River One um exemplo a ser seguido.

Outra tendência mundial baseada na qualidade de vida e na sustentabilidade é a de morar, produzir, compartilhar e entreter-se em um único lugar. Outra vez, o River One Corporate aparece bem colocado nesta categoria. O empreendimento possui 14 lajes corporativas de alto padrão com um pé-direito de 2,80m, 5 subsolos de garagem, juntamente com o térreo formado por lojas, restaurante e até teatro, que compõem a fachada da torre de 140 metros.

Mobilidade
Não existe uma cidade ou obra inteligentes sem pensar na mobilidade urbana, prática cada vez mais valorizada nos países desenvolvidos. Além de contar com infraestrutura para ciclistas e estar localizado em uma área que estimula transportes alternativos ao carro, o novo empreendimento disponibilizará vagas para veículos elétricos.

PUBLICIDADE

Entre a tranquilidade do verde e o agito da cidade, o empreendimento de 4.840m² de terreno oferece fácil entrada e saída para as marginais, sendo possível ficar com o melhor dos dois: ao lado da Marginal Pinheiros e próximo das avenidas Rebouças, Faria Lima e Luiz Carlos Berrini.

Cercado pelo verde do City Butantã, um dos principais bairros residenciais da cidade, próximo às principais vias de acesso da capital, a minutos dos grandes centros empresariais de São Paulo e a apenas 300 metros do Metrô Butantã.

Tudo isso para permitir uma conexão com a cidade de forma mais fácil. Enquanto isso, do outro lado, a arborizada região da Cidade Universitária quebra o cenário intenso que a metrópole impõe.

Visitas
Para quem despertou curiosidade neste empreendimento que tem tudo para fazer as pessoas não sentirem saudades do home office, é possível acessar o site e agendar uma visita ou fazer um tour virtual.

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.