FIIs mais indicados para 2023 têm o dobro do retorno do mercado

E mais: Economista Sincero aponta caminhos para surfar boa fase dos FIIs em 2024

Wellington Carvalho

Publicidade

Os fundos imobiliários mais indicados para 2023 apresentam retorno médio de 22% ao longo do ano, percentual equivalente ao dobro dos 11% do Ifix – índice dos FIIs mais negociados na Bolsa – espécie de média do mercado.

Em janeiro, compilação do InfoMoney listou os cinco FIIs mais promissores para o ano que se iniciava, de acordo com relatórios de corretoras, especialistas e casas de análises.

O estudo reunia fundos que encerraram 2022 negociados perto ou abaixo do valor justo, se considerado o P/VPA (preço sobre valor patrimonial) dos FIIs. Quanto mais próximo de 1 estiver o indicador, mais perto a cota está do valor justo. Acima deste nível, o papel é negociado com ágio e abaixo, com desconto. 

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Com valorização de 32%, o Bresco Logística (BRCO11) foi o grande destaque da lista. Na sequência, aparecem Kinea Renda Imobiliária (KNRI11) e Vinci Shopping Centers (VISC11), ambos com ganhos acima de 24%.

TickerFundoSegmentoP/VPADividend Yield 12 meses (%)Retorno total *
BRCO11Bresco LogísticaLogística0,9910,2332,56
VISC11Vinci Shopping CentersShopping1,0510,3125,38
KNRI11Kinea Renda ImobiliáriaHíbrido1,018,8724,45
HGCR11CSHG Recebíveis ImobiliáriosRecebíveis 1,0213,7016,02
TRXF11TRX Real EstateRenda Urbana1,0410,6414,05
Fonte: Economatica – (*) retorno total: valorização da cota mais dividendos

O resultado do mercado de fundos imobiliários em 2023 é atribuído principalmente ao início do ciclo de cortes da taxa básica de juros da economia nacional, a Selic – que caiu de 13,75% para 11,75% ao ano de agosto para cá.

Quanto menor o indicador, menos rentável se torna a renda fixa – que utiliza a Selic como referência. O movimento estimula a procura de ativos de maior risco, como os FIIs, que acabam ganhando atratividade e valor na Bolsa.

Continua depois da publicidade

A expectativa de manutenção do ciclo de queda da taxa de juros reforça a expectativa do mercado de que 2024 seguirá favorável para o segmento de FIIs.

“Continuamos analisando o cenário macroeconômico e esperamos que, com a continuidade de corte da taxa Selic, os ativos de renda variável se beneficiem e entreguem retornos positivos, evidenciando um ciclo de recuperação e potencial valorização dos FIIs”, prevê a Rio Bravo, em carta divulgada no início do mês.

Ifix hoje

Na sessão desta segunda-feira (18), o Ifix – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – opera no campo positivo. Às 15h02, o indicador registrava alta de 0,31%, aos 3.199 pontos.

Economista Sincero aponta caminhos para surfar boa fase dos FIIs em 2024

Um dos principais influenciadores de investimentos do País, Charles Mendlowicz, conhecido como Economista Sincero, faz um balanço positivo do mercado de FIIs em 2023. Entusiasta do produto, ele ainda observa um cenário favorável para os fundos imobiliários no ano que vem, especialmente para quem já está posicionado.

Com mais de 1,5 milhão de seguidores nas redes sociais, Mendlowicz participou da edição desta semana do Liga de FIIs, apresentado por Maria Fernanda Violatti, head de análise de fundos listados da XP, Thiago Otuki, economista do Clube FII, e Wellington Carvalho, jornalista do InfoMoney.

Em 2023, o mercado de fundos imobiliários acumula valorização média de aproximadamente 11%. O resultado é atribuído principalmente ao início do ciclo de cortes da taxa básica de juros da economia nacional, a Selic – que caiu de 13,75% para 11,75% ao ano de agosto para cá.

Quanto menor o indicador, menos rentável se torna a renda fixa – que utiliza a Selic como referência. O movimento estimula a procura de ativos de maior risco, como os FIIs, que acabam ganhando atratividade e valor na Bolsa.

“A gente já sabia que esse movimento daria uma oportunidade de ganhos”, pontua Mendlowicz. “Então esse ano foi bom e 2024 tem tudo para continuar a tendência de alta”, projeta.

A previsão do economista toma como base a expectativa do mercado para a Selic em 2024. De acordo com o último Relatório Focus, do Banco Central, a taxa encerrará o próximo ano em 9,25% – o que pode destravar ainda mais valor para os FIIs.

Newsletter

Liga de FIIs

Receba em primeira mão notícias exclusivas sobre fundos imobiliários

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.