Escritórios

FII RECT11 reduz taxa de vacância de 31% para 9,8% em um ano

Nos últimos dias, o fundo anunciou dois novos locatários e reduziu o percentual de imóveis vagos para a casa de um dígito

Por  Wellington Carvalho -

 

A taxa de vacância do FII REC Renda Imobiliária (RECT11) voltou a cair e agora está em 9,83%, de acordo com fato relevante divulgado pelo fundo na sexta-feira (17), que anunciou um novo locatário da carteira.

Segundo o documento, o fundo fechou contrato com a S. Verrreschi Sociedade de Advogados, que ocupará dois andares do Condomínio Edifício Parque Ana Costa, localizado na cidade de Santos, no Estado de São Paulo.

A locação do espaço, que corresponde a uma área de 1.655 metros quadrados, já está em vigor e tem prazo de 60 meses. O REC Renda Imobiliária não informou o impacto da locação na distribuição de dividendos para os cotistas.

Na semana passada, o fundo já havia assinado contrato para locação de quatro salas do Centro Empresarial Parque da Cidade, em Brasília. O espaço, que totaliza 1.400 metros quadrados, será ocupado pela Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional.

As duas últimas locações ajudaram na redução da vacância do fundo para a casa de um dígito. Há um ano, 31,4% do portfólio do REC Renda Imobiliária estava vago, apontava relatório gerencial do fundo divulgado em junho de 2021.

Com patrimônio líquido de R$ 789 milhões, o REC Renda Imobiliária tem uma área bruta locável (ABL) de quase 93 mil metros quadrados. 24% dos espaços são classificados como AAA, nível máximo de qualidade.

Fonte: FII RECT11

No último dia 14, o REC Renda Imobiliária depositou R$ 0,50 por cota, equivalente a um retorno mensal com dividendos de 0,85%. Em 12 meses, o índice é de 10,84%.

 

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Compartilhe