FII negocia a compra de 5 imóveis do Grupo Mateus por R$ 234 mi

Os imóveis estão localizados em Pernambuco, Sergipe e Paraíba

Wellington Carvalho

Publicidade

O FII TRX Real Estate (TRXF11) assinou compromisso para a compra de cinco imóveis do Grupo Mateus (GMAT3), rede de atacarejo com forte presença nas regiões Norte e Nordeste do País. A transação está avaliada em R$ 234,7 milhões.

O acordo prevê a aquisição de dois imóveis em Caruaru (PE) e um em Aracaju (SE), que serão alugados para o Grupo Mateus na modalidade built to suit – quando o espaço é desenvolvido de acordo com as necessidades do locatário.

Os outros dois imóveis da negociação estão localizados nas cidades de Patos e Guarabira, ambos na Paraíba. Neste caso, as lojas já estão em funcionamento e passam a ser locadas na modalidade sale and leaseback – quando o investidor compra o imóvel e o aluga para o antigo dono.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

“O valor total do compromisso de investimento assumido pelo fundo com a aquisição de todos os imóveis e com o custeio das obras de construção e desenvolvimento imobiliário é de R$ 234,777 milhões”, detalha fato relevante divulgado pelo TRXF11. “[O valor pode] pode sofrer alterações em decorrência da eventual necessidade de exclusão ou substituição de qualquer um dos imóveis, do resultado das diligências jurídico-imobiliárias ou ainda em função das obras de construção e desenvolvimento imobiliário”, complementa o texto.

Ainda de acordo com o documento, os contratos de locação vão vigorar pelo prazo de 20 anos, contarão com penalidade por rescisão antecipada equivalente ao saldo devedor integral de cada vínculo.

A expectativa da equipe de gestão é de que a superação das condições previstas no contrato para a conclusão do acordo ocorra no início de 2024.

Continua depois da publicidade

Leia também:

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.