Ifix fecha sessão com leve queda e interrompe sequência de 14 altas seguidas

O índice dos fundos imobiliários fechou a sessão desta segunda-feira (6) com baixa de 0,03%

Wellington Carvalho

Publicidade

O IFIX – índice que reúne os fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – fechou a sessão desta segunda-feira (6) com leve baixa 0,03%, aos 2.829 pontos. Na sessão anterior, o índice fechou com alta de 0,14%. Confira os destaques de hoje ao longo do Central de FIIs.

Após finalizar a compra de um imóvel de 464 mil metros quadrados na cidade de Frutal, em Minas Gerais, o Riza Arctium Real Estate ( ARCT11) projeta um aumento de até R$ 0,39 por cota na distribuição de dividendos do fundo.

A transação do espaço – que está alugado para a Cervejaria Cidade Imperial – teve início em dezembro de 2021 e foi encerrada na sexta-feira (3) com a assinatura da escritura de compra e venda do imóvel.

Continua depois da publicidade

Em fato relevante, o fundo confirmou o pagamento de R$ 39 milhões, montante referente à última parcela do negócio, que custou ao fundo um total de R$ 150 milhões.

Com a assinatura da escritura, o Riza Arctium passa a ter direito ao recebimento do aluguel do espaço, de R$ 1,125 milhão por mês, que representa um acréscimo de aproximadamente R$ 0,39 por cota na distribuição mensal de dividendos do fundo.

Em maio, a carteira distribuiu R$ 2,02 por cota, equivalente a um retorno mensal com dividendos de 1,98%. Em doze meses, o percentual se aproxima de 15%.

Continua depois da publicidade

Com área bruta locável (ABL) de 170 mil metros quadrados, o Riza Arctium tem hoje um portfólio composto por nove imóveis em cinco Estados.

Maiores altas desta segunda-feira (6)

Ticker Nome Setor Variação (%)
HGFF11 CSHG FoF Títulos e Val. Mob. 1,85
SARE11 Santander Renda Híbrido 1,77
MGFF11 MOGNO Títulos e Val. Mob. 1,74
RBRP11 RBR Properties Outros 1,7
XPPR11 XP Properties Outros 1,12

Maiores baixas desta segunda-feira (6):

Continua depois da publicidade

Ticker Nome Setor Variação (%)
CARE11 Brazilian Graveyard and Death Care Outros -2,93
BCFF11 BTG Pactual Fundo de Fundos Títulos e Val. Mob. -2,04
VINO11 Vinci Offices Lajes Corporativas -1,34
PVBI11 VBI Prime Properties Lajes Corporativas -1,17
MORE11 More Real Estate Títulos e Val. Mob. -1,16

Fonte: B3

Nova oferta do Hectare Desenvolvimento Student Housing; RB Capital Desenvolvimento Residencial avança no Projeto Moema

Confira as últimas informações divulgadas por fundos imobiliários em fatos relevantes:

Hectare Desenvolvimento Student Housing ( HCST11) quer captar R$ 25 milhões em nova oferta

Em comunicado ao mercado, divulgado na sexta-feira (3), o Hectare Desenvolvimento Student Housing aprovou a realização da terceira emissão de cotas do fundo e pretende captar até R$ 25 milhões.

Continua depois da publicidade

O valor unitário das novas cotas foi fixado em R$ 100,83 e a taxa de distribuição será de R$ 0,15, totalizando um preço de subscrição de R$ 100,98.

Na última sessão da B3, os papéis do Hectare Desenvolvimento Student Housing foram negociados a R$ 95,88, com alta de 1,10%.

Os cotistas com posição no final da quarta-feira (8) terão direito de preferência na oferta, que poderá ser exercido entre os dias 10 e 23 de junho de 2022.

Continua depois da publicidade

Com patrimônio líquido de R$ 31 milhões, o fundo tem como objetivo o desenvolvimento de empreendimentos residenciais para locação. Atualmente, a carteira tem participação de 51% do edifício Piragibe, no Butantã (SP). O portfólio conta ainda com outros três imóveis não finalizados.

RB Capital Desenvolvimento Residencial ( RBIR11) conclui aquisição de terreno para o Projeto Moema

O FII RB Capital Desenvolvimento Residencial anunciou, na sexta-feira (3), a conclusão da compra do terreno que receberá o Projeto Moema, na zona sul de São Paulo (SP).

Em parceria com a One DI Incorporadora, o projeto prevê a construção de um empreendimento residencial composto por 363 unidades, entre lojas, studios e apartamentos com um ou dois dormitórios.

De acordo com a gestão do RB Capital Desenvolvimento Residencial, o fundo desembolsou R$ 19 milhões pelo espaço, de quase 10 mil metros quadrados de área privativa.

O valor geral de vendas (VGV) do Projeto Moema é estimado em R$ 135 milhões, de acordo com comunicado do fundo ao mercado.

Giro Imobiliário: mercado prevê inflação de 8,89% em 2022, aponta Relatório Focus

O Banco Central divulgou um boletim parcial do Relatório Focus na manhã desta segunda-feira (6), e o mercado já prevê uma inflação de 8,89% neste ano e de 4,39% em 2023 — uma alta de 1,00 e 0,29 ponto percentual em relação ao último boletim completo, publicado em 2 de maio.

A publicação semanal do Focus está sendo afetada há meses pela greve dos servidores do BC, que reivindicam reajuste salarial de 27% e mudanças na carreira. No último relatório completo, divulgado há cinco semanas, as expectativas para a inflação deste e do próximo ano eram de 7,89% e 4,10%.

A estimativa das mais de 100 instituições financeiras consultadas pelo BC para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 2022 está muito acima da meta, que é de 3,5% com tolerância de 1,5 ponto percentual (ou seja: a meta será cumprida se o índice ficar entre 2% a 5%).

Para 2023, a projeção do mercado (4,39%) já se aproxima do teto da meta de inflação — o que indica uma desancoragem das expectativas. A meta do BC é de 3,25% com tolerância de 1,5 ponto percentual (ou seja: a meta será cumprida se o IPCA do próximo ano ficar entre 1,75% a 4,75%).

As instituições financeiras estimam uma taxa básica de juros de 13,25% ao ano no fim de 2022 (estabilidade em relação à última pesquisa completa) e de 9,75% no fim de 2023 (uma alta de 0,5 ponto percentual).

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.