Para Baixo

Corretora Ágora/Bradesco revisa estimativas para Banco do Brasil

Corretora estima um lucro líquido de R$ 10,6 bilhões para o Banco do Brasil em 2013

SÃO PAULO – A corretora Ágora/Bradesco revisou as estimativas para o Banco do Brasil (BBAS3), incluindo a incorporação dos resultados do segundo trimestre de 2013 e o novo cenário macroeconômico para 2014 e 2015. Os analistas estimam agora um lucro líquido de R$ 10,6 bilhões em 2013 e R$ 11,4 bilhões em 2014.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

A instituição também reduziu a projeção da diferença do crescimento dos bancos privados e do Banco do Brasil. “Para os bancos privados sob nossa cobertura temos estimativa de crescimento de 10% no ano para 2014 e 2015, enquanto para o Banco do Brasil temos estimativa de crescimento anual de 15%”, afirma a Ágora/Bradesco em relatório.

Essa estimativa de redução no resultado da companhia está ligada a uma postura mais conservadora, segundo a corretora. As principais justificativas são uma mudança estrutural significativa em andamento na carteira da instituição e a consideração de que a maior parte da recente redução de spreads já foi incorporada.

Quer saber mais sobre os termos usados no mercado financeiro? Acesse o glossário InfoMoney

“Num cenário macroeconômico mais brando, no qual não vemos mudanças significativas no mercado de trabalho, acreditamos que a qualidade de crédito no banco não deve mostrar sinais fortes de deterioração”, ressalta a corretora. A recomendação da Ágora/Bradesco para os papéis do Banco do Brasil permanece sendo de compra, com preço-alvo em R$ 33,40.