Bitcoin avança forte, passa dos US$ 67 mil e fica mais próximo de recorde histórico

Os traders estão apostando que a cripto ultrapassará em breve sua máxima de US$ 69 mil, alcançada no final de 2021

Lucas Gabriel Marins

Publicidade

Poucos obstáculos parecem estar no caminho da atual recuperação do Bitcoin (BTC). A maior criptomoeda do mercado, que abriu a semana em forte alta, continuou a trajetória de valorização na tarde desta segunda-feira (4), impulsionada pela demanda pelos ETFs (fundos de índice) à vista dos Estados Unidos.

O ativo digital opera em alta de +7,40% por volta das 14h40, a US$ 67.299, o melhor preço desde novembro de 2021. Na semana, o BTC acumula ganhos de +28%. No mês, a cripto entrega valorização de +56%. Nos últimos 12 meses, o BTC saltou 185%.

No centro desse frenesi pela moeda digital está a alta demanda pelos ETFs spot de Bitcoin dos EUA, que começaram a ser negociados em 11 de janeiro.

Aula Gratuita

Os Princípios da Riqueza

Thiago Godoy, o Papai Financeiro, desvenda os segredos dos maiores investidores do mundo nesta aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Entradas líquidas de US$ 7,35 bilhões foram registradas desde a estreia dos produtos, incluindo da BlackRock, que na semana passada lançou seu ETF no Brasil por meio de um BDR na B3. Mesmo as saídas descomunais do ETF da gestora de ativos digitais Grasycale – quase US$ 9 bilhões – não influenciaram os traders.

“O esperado hoje é mais um fluxo extremamente positivo via ETFs, e isso pode sim cada vez mais jogar o Bitcoin próximo do seu recorde histórico (de US$ 69 mil, alcançado em novembro de 2021)”, disse André Franco, head de research do MB.

Os analistas apostam que o preço ultrapassará em breve sua máxima de preço não somente por causa da forte demanda dos ETFs, mas também devido ao halving do Bitcoin, atualização que corta pela metade a emissão da cripto.

Continua depois da publicidade

Após o halving, previsto para abril deste ano, o crescimento da oferta da moeda vai diminuir de cerca de 900 unidades por dia para 450, aumentando a pressão sobre a demanda.

A negociação de derivativos criptos, que reflete as posições dos traders, também sinalizou uma perspectiva otimista. Os contratos em aberto no mercado futuro de Bitcoin e Ethereum (ETH) do CME Group, com sede em Chicago, estão a apenas 1,8% de seus respectivos recordes de preços.

O aumento no número de contratos pendentes é um sinal de maior interesse na exposição e cobertura relacionadas com criptomoedas entre as instituições dos EUA.

“As máximas históricas do Bitcoin devem ser testadas no curto prazo, com o importante nível de US$ 70 mil fornecendo forte resistência”, disse Caroline Mauron, cofundadora do provedor de liquidez de derivativos de ativos digitais Orbit Markets, para a Bloomberg.

Altcoins

As altcoins (termo usado para identificar qualquer cripto diferente do BTC) também sobem nesta manhã. XRP (XRP) avança +4,50%, Ether sobe +3,30% e Solana (SOL) entrega ganhos de +0,30%

Entre as criptos com baixa capitalização, o destaque do dia é o grupo das memecoins, aqueles tokens baseados em meme. Bonk (BONK) decola +61,40%, Shiba Inu (SHIB) valoriza +56,20% e Pepe (PEPE) dispara +38,30%.

“Esta é uma situação que lembra o bull market (período de alta) de 2021, com os traders de varejo procurando obter lucros rápidos com o aumento dos preços de tokens muito voláteis”, disse Caroline, da Orbit Markets.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 14h40:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 67.299+7,40%
Ethereum (ETH)US$ 3.608+3,30%
BNB Chain (BNB)US$ 424+0,60%
Solana (SOL)US$ 133+0,30%
XRP (XRP)US$ 0,67+4,50%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bonk (BONK)US$ 0,00004215+61,40%
Shiba Inu (SHIB)US$ 0,00003408+56,20%
Pepe (PEPE)US$ 0,057771+38,30%
BitTorrent (BTT)US$ 0,051898+33,30%
Dogecoin (DOGE)US$ 0,1811+29,60%

Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Axelar (AXL)US$ 2,15-12,40%
Arweave (AR)US$ 28,53-10,30%
Helium (HNT)US$ 8,50-7,50%
Sui (SUI)US$ 1,46-7,20%
Celestia (TIA)US$ 15,46-5,70%

Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 49,08+2,25%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 72,82-0,10%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 50,79+0,97%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 37,34-5,34%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 37,37+3,80%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 42,50+8,97%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 19,93+2,20%
QR Ether (QETH11)R$ 12,50+2,04%
QR DeFi (QDFI11)R$ 4,89+0,82%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 13,60 0,00%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 14,94+9,69%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 192,51+0,19%

(Com Bloomberg)

Lucas Gabriel Marins

Jornalista colaborador do InfoMoney